Elisa de Oliveira Flemer e o Homeschooling

Elisa de Oliveira Flemer, 17 anos, passou em engenharia civil na Universidade de São Paulo (USP), foi a quinta colocada, porêm por ter estudado no formato homeschooling, e não ter documentos que comprovasse sua formação no ensino médio, ela não pôde se matricular. EuEstudanteCorreio Braziliense

Elisa foi impedida de entrar na USP por realizar "homeschooling" - Arquivo Pessoal

Elisa, que mora em Sorocaba, interior de São Paulo, adotou o modelo de estudar em casa em 2018 e estuda cerca de seis horas por dia seguindo um método próprio. A estudante relata que optou pelo homeschooling quando estava no primeiro ano do ensino médio ao perceber que tinha facilidade em estudar sozinha e detalha que nessa época aprendia a matéria apenas lendo o conteúdo da apostila minutos antes da aula. Simone Machado – UOL

Desde que começou a estudar em casa, Elisa tem prestado vestibulares para testar seus conhecimentos. A estudante já foi aprovada duas vezes em uma faculdade particular, onde devido ao seu desempenho conseguiu bolsa integral, tirou 980 na redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) conquistou o 5º lugar no curso de engenharia civil da Escola Politécnica da USP, em 2020.

“Para matrícula nos cursos de graduação da USP, é necessária a apresentação do certificado de conclusão do ensino médio, já que ainda não existe regulamentação sobre o homeschooling no Brasil”.

Adepta do homeschooling, modalidade ainda não regulamentada no Brasil, Elisa passou na Universidade de São Paulo (USP) em engenharia civil, foi aprovada no Centro Universitário Facens e ficou na lista de espera de quatro universidades nos Estados Unidos. Ela conta em seu perfil no Instagram (@elisaflemer) que a luta na Justiça para obter o diploma do ensino médio e, finalmente, conseguir se matricular em alguma instituição, continua. WILMA ANTUNES – Jornal Cruzeiro do Sul

No homeschooling, o processo de aprendizagem é feito fora de uma escola. A criança ou adolescente não frequenta uma instituição de ensino, seja ela pública ou particular. As aulas são lecionadas  em casa pelos genitores ou por professores particulares contratados. São Paulo para Criancas

Na educação domiciliar, a família assume por inteiro a responsabilidade de educar a criança ou jovem, sem a participação de uma instituição de ensino. Isabela Moraes – politize

O ensino em casa não é nenhum tipo de prática inovadora ou algo que se começou a pensar apenas nos últimos anos. É uma prática muito antiga, já existente há séculos, comum a diversas comunidades. Antes do conceito de escola e escolarização, o ensino já era praticado entre mentores e mentorados. elos

O conceito de homeschooling é caracterizado pela proposta de ensino doméstico ou domiciliar. Sua proposta vem de encontro à frequência das crianças numa instituição, seja ela escola pública, privada ou cooperativa. A modalidade é legalizada em vários países, como Estados Unidos, Áustria, Bélgica, Canadá, Austrália, França, Noruega, Portugal, Rússia e Nova Zelândia, que exigem uma avaliação anual dos alunos. Meu artigo – Brasil Escola

Por outro lado, em países como a Alemanha e a Suécia, homeschooling é considerado crime e há casos de pais multados, presos e que perderam a custódia dos filhos. O cenário internacional aponta ainda cerca de 63 países onde a homeschooling não é proibida expressamente por lei. No Brasil, a modalidade de ensino não está prevista em lei e é caracterizada como prática não legalizada, previsto no artigo 246 do Código Penal e ocorre quando o pai, mãe ou responsável deixa de garantir a educação primária de seu filho.

Em função da imposição legal à matrícula dos filhos, o próprio Poder Público, inclusive o Ministério Público, pode compelir judicialmente a matrícula de menores de idade em instituições de ensino. Além disso, os pais podem ser processados criminalmente por não levarem os filhos à escola, pelo crime de abandono intelectual, tipificado no art. 246 do Código Penal Brasileiro.

Quem deixa de matricular crianças na escola no Brasil fere o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e a própria Constituição. Famílias que adotam a prática do homeschooling, estão sujeitas a ações de Conselhos Tutelares e de Ministérios Públicos pelo país.

Educação domiciliar

Entre 5 e 7 mil famílias já adotaram o homeschooling no Brasil, mesmo sua prática não sendo regulamentada. A Associação Nacional de Educação Domiciliar (ANED) é o órgão brasileiro responsável por levantar essa causa e incentivar a prática, dentro da legalidade, movimentando tanto pessoas quanto governo para que os debates acerca do assunto continuem existindo.

Atualmente, os empecilhos são muito mais políticos, culturais e ideológicos do que jurídicos. Vários tratados internacionais de direitos humanos assinalam que a família tem primazia na escolha da forma de educação a ser dada aos filhos.

A prática do homeschooling e unschooling têm como foco o ensino além da escola. Através de estudos domiciliares, sendo de responsabilidade dos pais ou professores tutores, o aluno se desenvolve a partir de metodologias e práticas de estudo próprias. Alguns argumentos de famílias que optam pelo ensino domiciliar dizem respeito a preferências religiosas, aos perigos da escola e a casos de bullying.

Os prós e os contras do homeschooling

Pode-se destacar alguns pontos negativos do homeschooling. Por exemplo, a falta de um controle de frequência e de conteúdo. Além da falta de convivência com pessoas variadas, com opiniões, religiões diferentes das pessoas da que compõem a família, podem ocasionar na criança problemas como não conseguir trabalhar em equipe no futuro e dificuldade de lidar com convicções diferentes.

É importante salientar que em episódios como violência doméstica e abuso sexual sofrido pelas crianças no ambiente familiar muitas vezes são identificados na escola, e no caso dos estudantes que os pais são adeptos ao homeschooling, os menores estão mais suscetíveis a estes tipos de crimes.

Em contrapartida, os que defendem a educação domiciliar acreditam que a criança em casa tem melhor aprendizado e melhores resultados em razão de fatores como a flexibilidade de horário, um planejamento individualizado de conteúdo, que possibilita focar nos problemas de aprendizagem específico que a criança possa apresentar e explorar seus potenciais e talentos.

Elize-se: Capitão Fantástico, INGLÊS COM MÚSICA, SENAI: 20 cursos online sem processo seletivo, Brincadeiras ao ar livre, Waldschule für kränkliche Kinder, Centro de Mídias SP, Cursos online e conteúdos gratuitos, FGV libera 55 cursos online gratuitos, Cursos acadêmicos online, Cursos online e gratuitos sobre agrofloresta, permacultura e ecodesign, Cursos na USP, Os Atores do Controle Social da Sociedade

Cannabis é promissora no combate à Covid-19

Em parceria com a Universidade de Lethbridge, a Pathway RX e a Swysh, empresas focadas em pesquisa com cannabis, descobriram que extratos específicos da planta mostram uma promessa como um tratamento adicional para Covid-19. Sechat

“Nossos extratos mais bem-sucedidos exigem validação adicional em uma análise em grande escala e um modelo animal. Ainda assim, nosso estudo é crucial para a análise futura dos efeitos da cannabis medicinal na Covid-19”, dizem os Drs. Igor (CEO da Pathway RX) e Olga Kovalchuk, ambos professores de biologia da Universidade de Lethbridge.

O estudo se concentrou em como certos extratos de cannabis afetaram as proteínas ACE2 e TMPRSS2. Estas proteínas estão embutidas na membrana celular e representam uma porta de entrada chave para o coronavírus entrar nas células hospedeiras. Os pesquisadores usaram extratos de cannabis para modular os níveis dessas enzimas. 

Como resultado, dados iniciais sugerem que 13 extratos de cannabis com alto teor de CBD anti-inflamatório podem modular a expressão de ACE2 em tecidos-alvo da Covid-19. Além disso, podem tambémregular negativamente TMPRSS2. Tais dados demonstram que essas linhagens de cannabis com alto teor de CBD têm potencial para se tornar uma adição útil e segura ao tratamento da Covid-19. Portanto, eles podem ser usados ​​para desenvolver tratamentos preventivos na forma de um anti-séptico bucal ou gargarejo para uso clínico e doméstico.

Por meio do Pathway RX, Kovalchuk gerou mais de 1.000 híbridos de cannabis e os testou em tecidos e células humanas para aprender sobre sua atividade biológica. Dessa forma, essas variedades foram patenteadas e estão atualmente licenciadas para Sundial Growers, um produtor de cannabis licenciado com sede em Alberta e parceiro da Pathway RX.

“A maconha pode impedir alguém de pegar a Covid-19”, afirmaram alguns artigos que viralizaram na internet. A realidade não é bem essa. Cientistas da Universidade Lethbridge, no Canadá, encontraram evidências de que os extratos podem fazer parte de um tratamento para prevenir a doença, mas ainda não há a certeza de que isso funcionará em seres humanos. Veja

Maconha

O estudo feito pelos canadenses foram realizados em laboratório – não em animais, mas utilizando modelos 3D de tecidos orais, das vias aéreas e intestinais de humanos – e não foram revisados por outros pesquisadores.

A proposta canadense identificou que seria possível inibir a entrada do vírus nas células com a utilização de 13 extratos da Cannabis sativa com altos níveis de canabidiol (CBD), uma das substâncias químicas encontradas na planta. O princípio ativo da maconha atuaria bloqueando o acesso do novo coronavírus à enzima ECA-2 (enzima conversora da angiotensina 2), que é a porta de entrada para que ele se ligue às células do corpo humano.

“É um estudo em laboratório, não foi feito nenhum ensaio em seres humanos. É apenas uma especulação de que talvez se usar esse extrato em seres humanos, em um enxaguante bucal, pasta de dente, algo que você pode engolir, você pode bloquear os receptores das células quando o vírus tenta entrar. Não existem evidências científicas de que isso vai funcionar, é só uma possibilidade”, pondera Alexandre Barbosa, chefe da Infectologia da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e do Hospital das Clínicas de Botucatu, no interior de São Paulo.

Imunize-se: A transmissão do coronavírus by CDC, Iniciativas Solidárias frente ao Surto do Coronavírus, Corona, Broncopneumonia e o Sistema Financeiro, quem leva a melhor?!?, Corona Vírus, dicas., Suco pra Gripe (tosse), Computador de R$ 22, HYTEC!, Elisaldo Carlini

Prefeitura e Segurança alimentar

O objetivo da prefeitura de Victória, no Canadá, é garantir a segurança alimentar das pessoas em um período de dificuldades econômicas e instabilidade. CicloVivo

Victória é uma cidade canadense famosa por seus jardins de flores. O clima favorece o cultivo de diferentes tipos de flores e a cidade é conhecida como a capital florida do Canadá, ou a “cidade jardim”. Natasha Olsen

Esta é a primeira vez, desde a II Guerra Mundial, que a prefeitura foca seu trabalho em ajudar os cidadãos a produzirem sua própria comida. O objetivo é garantir a segurança alimentar na cidade em um momento em que muitas pessoas estão com problemas econômicos, o valor dos alimentos está subindo nos mercados e alguns estoques de comida estão baixos.

De acordo com o site da prefeitura, a prioridade será dada a quem perdeu o emprego recentemente, população indígena, pessoas com imunidade baixa ou grupos de risco, famílias em situação de vulnerabilidade social e casos especiais que serão avaliados pela administração municipal.

Até o momento, a equipe de jardinagem municipal já disponibilizou 75 mil mudas para doação, num total de 17 espécies de vegetais: brócolis, alface, tomate, pepino, abobrinha, abóbora-menina, repolho, folhas de mostarda, acelga, couve, manjericão e salsa.

Durante a ação, os estudantes que trabalham com voluntários estão fazendo cursos de agricultura e aprendendo sobre as políticas de crédito agrário do país. A agricultura urbana e familiar é muito valorizada e uma série de medidas e protocolos da prefeitura estimula a população a produzir sua própria comida.

A cidade permite, por exemplo, a criação de galinhas e abelhas nos quintais, estimula a criação de hortas comunitárias, pomares, jardins em telhados verdes e tem um programa especial que patrocina o plantio de árvores frutíferas e de castanhas em espaços públicos. A venda de produtos cultivados em casa também é permitida e estimulada como uma ferramenta de melhorar a economia doméstica.

Canadá Legalize

O Canadá foi o primeiro do G7, e segundo do mundo, a liberar uso recreativo e medicinal da droga em nível nacional. O mercado da maconha legalizada para uso recreativo deve gerar receita de até US$ 4,3 bilhões em seu primeiro ano, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, escreveu em um tuíte em 19 de junho de 2018 :

“É fácil demais para nossas crianças conseguirem maconha – e para criminosos lucrarem em cima. Hoje, mudamos isso. Nosso plano para legalizar e regulamentar a maconha acabou de ser aprovado no Senado”. Camilo Rocha

O Canadá se tornou nesta quarta-feira (17/10) o segundo país do mundo a legalizar o uso da maconha para fins recreativos, depois do Uruguai, que adotou a medida em 2013. As primeiras vendas foram realizadas na província de Terra Nova e Labrador, no leste do país.

Os consumidores canadenses de maconha receberam outra boa notícia: horas antes da abertura de pontos de venda, um funcionário do governo federal comunicou via agências de notícias que o Canadá perdoará todas as pessoas com condenações por posse de até 30 gramas de maconha – o novo limite legal. Além da posse de até 30 gramas, cada usuário pode cultivar até quatro pés de maconha em casa.

O Canadá permite o uso medicinal da maconha desde 2001, e o governo do primeiro-ministro Justin Trudeau passou dois anos trabalhando para expandir a legislação e incluir o uso recreativo. Nordeste1

bbounwu

O primeiro argumento em defesa da reforma se baseou no fato de que a proibição não havia conseguido diminuir o consumo da droga e, ao contrário de proteger a saúde das pessoas, estava apenas aumentando seus riscos, colocando em contato com violência em potencial e fazendo que as substâncias consumidas não tivessem qualquer controle sanitário de qualidade. O primeiro-ministro não desconsiderou os danos potenciais do consumo de maconha, especialmente para o cérebro no período de desenvolvimento, um dos objetivos principais da política é tornar mais difícil que crianças e jovens façam uso da substância. O segundo argumento é que a proibição da maconha leva milhões de dólares para organizações criminosas e a legalização é uma forma de fechar parte da torneira que financia outras atividades ilegais e aumenta a violência. Gabriel Santos Elias

Quase uma tonelada de maconha (900 kg) desapareceu de dentro do 1º DP (Sé), na Liberdade (região central). O sumiço, registrado como furto no distrito, aconteceu no dia 17 de agosto, constatou que 50 sacos de maconha haviam sido furtados. A droga, de acordo com a Polícia Civil, havia sido apreendida no dia 6 de outubro do ano passado. Outros 33 sacos, com o mesmo tipo de droga, foram deixados no local, sendo que dois deles estavam “violados”, diz o boletim de ocorrência. Jornal Flit Paralisante

Mude conceitos, você pode e deve: PHOTOSHOP CC 2018 E MAQUETE ELETRÔNICA 3DS MAX 2018 E VRAY: FREE, CURSOS NA USP, LUMINESCE™(10% de DESCONTO)GREGORY HOUSE M. D.VENDE-SE MACONHAGHOST WRITER, NAARA BEAUTY DRINK!!!(10% de DESCONTO), MAIS PESSOAS ESTÃO USANDO MACONHA COMO UM SUBSTITUTO AO ÁLCOOL E REMÉDIOS, DIZ ESTUDOInicie um abaixo-assinado, PRIMEIRO SATÉLITE 100% DESENVOLVIDO PELA INDÚSTRIA NACIONAL, INSTANTLY AGELESS ™ (10% de DESCONTO)CARRINHO DE CONTROLE REMOTO, SIMPLES E RÁPIDO, ANDROID 2016 – DESENVOLVIMENTO DE APPS (GRATUITO)COMIDINHAS DE MACONHA

Editado via celular. (em construção)

Join The DNA Journey

Your DNA is unique to you, so how does it tell us about where you come from? “We get 50% of our DNA from mum and 50% of our DNA from dad,” explains AncestryDNA expert, Brad Argent. “They get 50% from their parents, and so forth and so forth and it goes back a long way. Those little bits of our ancestors trickle down through our parents, to us. So a genetic DNA test that looks at genealogy elements such as ethnicity can tell you where your ancestors have come from.” Bryony Partridge – ancestry

LET’S OPEN OUR WORLD

O site de viagens Momondo produziu um vídeo que tem quebrado preconceitos e mostrado como somos muito mais conectados do que pensamos. Em parceria com a AncestryDNA, o projeto The DNA Journey fez o exame de DNA de 67 pessoas para mapear a sua ancestralidade genética. Felipe Sérgio Koller – Sempre Família

momondo was founded on the belief that everybody should be able to travel the world, to meet other people, and experience other cultures and religions. Travel opens our minds: when we experience something different, we begin to see things differently.

Descobrindo nossas origens com DNA Journey da Momondo – PCVV#105.  – e-dublin

O estudo da AncestryDNA foi baseado nas respostas de 7.200 pessoas, sendo 400 de cada um dos seguintes países: Austrália, Brasil, China, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Itália, México, Noruega, Portugal, Rússia, África do Sul, Espanha, Suécia, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos. Amanda Turchiari Boucault – meio&mensagem

Would you dare to question who you really are?

Em 2006, uma pequena equipe criativa e dedicada de dinamarqueses qualificados decidiu unir-se em torno de um propósito comum: expandir o mundo. Desafiando os dogmas da indústria aérea, criaram o momondo: um motor de busca gratuito e independente que oferece total transparência de custo em todo o mercado.

5 WAYS TO OPEN OUR WORLD:

1. LOWER YOUR GUARD;

2. DO TALK TO STRANGERS;

3. SAY YES!;

4. STAY CURIOUS;

5. CARE TO SHARE.

Nash e Kim são designers gráficos, autores de viagem e fotógrafos, ou simplesmente The Nomadic Peoplemomondo

O belo casarão, projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo em 1895, recebe exposições em São Paulo desde 1911. Cercada pelo Parque da Luz e próxima à estação de mesmo nome, a Pinacoteca é o museu mais antigo da cidade e seu foco é na produção brasileira de artes visuais do século XIX aos dias de hoje, aos sábados a entrada é grátis. momondo

Observe mais: MULTIVERSO MARVELLUMINESCE™OUTROS VIAJANTES DO TEMPOSAUDAÇÃO AO SOLRESERVE™CANCERIANO SEM LARAUSTRALIA DAY, NAARA BEAUTY DRINK!!!EM BUSCA DA VERDADELIVROS QUE ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETA, INSTANTLY AGELESS ™11 INGREDIENTES QUE AJUDAM PERDER PESOMARIANA OU PARIS? A DOR É A MESMA…VIDACELL®, NAVE TIERRAHO’OPONOPONOEMVROBÔ EM BUSCA DE LIBERDADEA INVASÃO DO BRASIL

Boas Idéias Que Todos Os Países Deveriam Adotar

""

Toda gestante na Finlândia ganha um kit maternidade pago pelo governo, que contém colchão, roupa de cama, meias, fraldas, macacões de bebê e diversos outros itens. A própria caixa pode ser usada como berço. O objetivo é que todos os futuros cidadãos finlandeses tenham direito a começar a vida com a mesma qualidade.

Em diversos países, tanto a mãe quanto o pai recebem licença remunerada no nascimento de seus filhos. Uma das nações mais generosas é a República Checa – um casal recebe no mínimo 14 semanas de licença paga. Se é o primeiro filho, este número sobe para 48, e com tudo pago pelo governo.

Na Finlândia e Suécia, crimes e penalidades leves (sem uso de violência) são pagos em dinheiro ao invés de detenção. A multa, entretanto, é diretamente relacionada ao salário do autor do crime. Dessa forma, o governo monta um tipo de “prisão financeira” que evita que tais crimes sejam cometidos. Para se ter uma ideia de como funciona, um finlandês com renda anula de 11 milhões de dólares teve que pagar uma multa de 200 mil dólares ao governo por dirigir em alta velocidade…
Na Noruega, o governo quer que todos tenham um pouco mais durante as festas de fim de ano, e corta os impostos pela metade durante o mês de novembro.
Antes de começar a andar de bicicleta, crianças na Holanda com 10 anos de idade devem fazer um teste prático e escrito sobre como guiar uma bicicleta e aprender leis de trânsito. Pode parecer absurdo, mas é um grande incentivo para que as pessoas optem por este tipo de transporte ao invés de comprar um carro, além de contribuir com o meio ambiente, pois menos carros na rua resulta em ar mais puro e limpo.
Algumas cidades na Alemanha cobram até 4 euros por cada quilo de lixo produzido por cada cidadão. Isso levou as pessoas a reciclar o lixo e fazer compostagem.
Na Suécia, os radares de trânsito funcionam assim: se você passa acima do limite, leva uma multa, é claro. Mas se passa abaixo do limite, você automaticamente é colocado em uma loteria. Bons cidadãos que nunca foram multados têm, então, a chance de ganhar um prêmio de até 3 mil dólares. Isso incentiva as pessoas a dirigirem mais devagar, além de trazer aos motoristas um senso de justiça, pois quem dirige com segurança não só não leva multa, mas também é premiado.
Para incentivar os presos a não voltar para o crime, em algumas regiões do Brasil, cada detento que optar pela educação pode reduzir a sua pena. Para cada livro que o detento lê, ele precisa escrever um relatório e, se esse relatório for bom, pode-se reduzir até quatro dias da sentença. O número de relapsos em crimes chegou a diminuir em até 30 por cento em algumas regiões.
O governo da Noruega destina as taxas do petróleo a um tipo de fundo nacional destinado a “emergências”. No início de 2014, este fundo tinha o equivalente a 828 milhões de dólares, que pode ser usado no caso de sobreuso das reservas de petróleo ou salvar o país de alguma crise financeira.
No Reino Unido e diversos países da Europa, o tempo na televisão para comerciais restringe-se a no máximo 8 minutos por hora. Como base de comparação, veja que em países como os Estados Unidos, há 3 minutos de comerciais a cada 8 minutos!
Quando imigrantes se tornam cidadãos oficiais naturalizados no Canadá, eles também recebem um ano de entradas gratuitas para diversos museus e centros culturais em todo o país. Isso os leva a conhecer melhor a história e cultura locais, bem como a visitar os lindos parques nacionais.
Afastamento por doença pago pelo governo, isso é obrigatório em toda a Europa. Dessa forma, o trabalhador pode ficar em casa para se recuperar, principalmente se tiver alguma doença contagiosa e, assim, não transmiti-la aos colegas de trabalho.
Durante o preparo dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, na Rússia, os usuários da estação Vystavochaya podiam pagar pelo tíquete de uma forma inusitada: simplesmente fazendo exercícios de agachamento na frente das máquinas e assim pagar pela viagem. Esse programa ocorreu um mês antes do evento esportivo.
Para reduzir o número de overdoses e óbitos, a Holanda oferece um exame anônimo pago unicamente pelo governo, que verifica composição de qualquer narcótico. O teste lista todos os componentes das drogas, alerta o usuário sobre o perigo dos mesmos, assim como possíveis tratamento médicos relacionados a overdoses.
A cada semana, a conta oficial do Twitter da Suécia é administrada por um cidadão escolhido aleatoriamente. Isso é feito para mostrar a diversidade cultural e o progresso do país. Tudo Por Email

Horrible Histories

deualoucanahistoria

maxresdefault

horriblemouse

http://vimeo.com/101143821

Veja também: V de Vingança, Relatório Figueiredo, PLANKTON INVASION, Terceira Onda, Eustácio Bagge, Evolusex, O pai da propaganda, Bumblebee era um Fusca???, Comida para o espírito, A história de sempre?, A história das coisas, Aniversário da revolução de 1964, Ilha das Flores, A guerra do vintém, Curupira, Por que Pinga?, O tempo no espaço, Steve’n’Seagulls, Rebeldia, Entre a merda e a repressão, Gente inteligente, Estupidez, Couro de livro, Instalando livros

WASABI

wasabi-misaki

A planta do wasabi foi mencionada pela primeira vez em um antigo dicionário médico no Japão, que citava o uso de suas folhas. Mas foi antes do ano de 1600, também no Japão, que o uso da planta na culinária foi citado em um livro de receitas. O wasabi fresco foi introduzido como ingrediente em um molho à base de soja para mergulhar o peixe cru. De 1603 a 1867, o wasabi foi usado como um condimento para soba, um tipo de macarrão. No entanto, apenas recentemente começou a ser utilizado em Niguiri, que é o sushi moldado à mão. Entre os anos de 1804 e 1818, foi usado pela primeira vez para disfarçar o odor do peixe cavala. Por fim, foi em 1970 que a Indústria S&B desenvolveu o primeiro wasabi em tubo – o primeiro produto de seu tipo a ser lançado no mercado japonês. Equipe Personare

Veja também: Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Mosquitos vinhos na foto, Garfield e fast food., Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Suco de limão e Bicarbonato, Café com Dengue., Sucos verdes

Free Energy

florestapulmaocalor-ciclovivo

nautilus_wind_turbine_rooftop

bartfish3eye

Veja também: Turbinados, Air Purifier Bike, The Matrix Norris, Empoderamento dos recursos, Viabilidade???, Cadeia plástica, Quase imortal!!!, Miniusina de energia, Casa sustentável, Instituto Pindorama, voluntariado., Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Águas de março, Michael Moore, Todo Dia Era Dia de Índio, Portal da Transparência, Tirinha do Dia: E qual é o melhor amigo do homem?, O papel da lareira, Funcional Obsoleto

Experimento científico?

experimentocientifico
bancodesementedw
Agora, o Banco de Sementes Svalbard começa a tornar-se interessante. Mas fica ainda melhor. ‘O Projecto’ a que me referi é o projeto da Fundação Rockefeller e poderosos interesses financeiros desde a década de 1920 para utilizar a eugenia, mais tarde rebatizado de genética, para justificar a criação de um Mestre raça geneticamente modificadas. Hitler e os nazistas chamavam de Mestre Raça Ayran. Natural Cures Not Medicine

ArcadeNoemoderna
terminator

Veja também: A Revolta dos Macacos, Índice de Desenvolvimento Humano, Remédio caseiro para controle de pulgas, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Piada sem sabor!, Individualidade fugaz, Memória dos Campos, Coreia do Norte, a paranoia, Sua cara, Manual de Apicultura em Pequena Escala, Ervas medicinais, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comida de gente, Comida esperta, Manguetown

Hemp Car

hempcar1
Collective Evolution (CE)

hempford
biomass-x-fossilfuels
” Henry Ford revelou seu carro de plástico, resultado de 12 anos de pesquisa, com painéis resistentes moldados em pressão hidráulica de 680kg por polegada quadrada. 70% de fibra de celulose de cânhamo, sisal, palha de trigo e 30% de resina é a receita.” Popular Mechanics, Dec. 1941, “Pinch Hitters for Defense.”
kestrel-hemp-car-5-07-11

Veja também: Air Purifier Bike, FORDISMO??, Empoderamento dos recursos, Michael Moore, A importância do Doutorado, The X-Files, Viabilidade???, Filmografia dos carros do cinema, Agrotóxicos da mesa nossa de cada dia., Pedala Mundo!, Feliz dia do índio!!!

Repo man

repo-men-movie-poster-1-405x600

”Se você não paga as parcelas do carro, o banco vem e pega o carro de volta… Se você não paga a hipoteca da casa, o banco vem e toma a casa de você”. Este é o meu trabalho… “Se você não paga as prestações dos seus órgãos, nós o pegamos de volta”. Cinema BH

Repo-Men-O-Resgate-de-Orgãos02

Veja também: Empoderamento dos recursos, Não Foi Acidente, Umbrella Corporation, Robin Hulk, Ministério da Saúde, Vamos acabar com o domínio da Monsanto,2014, Ano do Pão e Circo, Parabéns Néstle, A Bela Adormecida, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Economia de mercado, De que lado você esta?, Somos todos doadores, En+coleira+ar

Viabilidade???

Nos laboratórios da empresa Enerkem, a equipe descobriu que a nova tecnologia que utiliza os resíduos é mais viável que a produção de combustível convencional, gastando menos dinheiro e menos energia nos processos de elaboração. De acordo com o site Vida Más Verde, a produção já foi patenteada e não expõe a riscos de contaminação nem o meio ambiente, nem o pessoal envolvido nos processos. CicloVivo

Se depender de um ambicioso projeto da Nissan, os prédios comerciais do Japão vão começar a ser abastecidos com os carros elétricos durante os horários de pico de consumo, quando a tarifa é mais cara. Chamado de “Vehicle-to-Building”, o plano conecta os carros estacionados à fiação do prédio, e, após o fornecimento, os automóveis podem ser usados normalmente, uma vez que o sistema devolve a mesma eletricidade às baterias. Gabriel Felix

As calçadas dos estabelecimentos da cidade-luz estão prestes a receber toldos que utilizam os raios solares para gerar energia, a fim de aquecer os clientes no inverno. Reduzindo gastos e diminuindo os impactos no meio ambiente, estes equipamentos inovadores também são capazes de “sugar” a fumaça dos cigarros acesos nos fumódromos de bares, restaurantes e dos tradicionais cafés parisienses. CicloVivo

O inventor brasileiro Antonio Bossolan é o responsável pela criação da “Turbina eólica de eixo vertical”, que é capaz de aproveitar até dez vezes mais a energia dos ventos que passam por ela. A inspiração surgiu pela necessidade de tornar os sistemas eólicos mais eficientes. CicloVivo

O professor aposentado Michael Buck juntou diversos materiais reciclados para erguer sua própria casa, uma pequena toca segura e confortável na cidade de Oxfordshire, na Inglaterra. Na construção, o professor gastou apenas 150 libras (o equivalente a 575 reais), apostando seu tempo livre e sua criatividade para erguer a nova residência, localizada em meio a uma área verde do município britânico. CicloVivo
cabelopentearvore

Veja também: De onde você vem?, LEVITATION, Miniusina de energia, Casa da árvore, Todo Dia Era Dia de Índio, Processo licitatório?, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Planta autosuficiente, Instituto Pindorama, voluntariado., Tijolo, Cifras, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Manual de agicultura urbana

Urna fraudetrônica

mais-seg-transp-e-cred


erronosistemabrazil
votoimpressoja
Urna eletrônica ou máquina de votação é a combinação de equipamentos mecânicos, eletromecânicos ou eletrônico (incluindo software, firmware e documentação necessária para controle do programa e apoiar equipamento), que é usado para definir escrutínios; expressos e contagem de votos; para relatar ou exibir resultados eleitorais; e para manter e produzir qualquer informação de trilha de auditoria. As primeiras máquinas de votação foram mecânicas, mas é cada vez mais comuns o uso de máquinas de votação eletrônicas. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Otário A. Anonymous

Veja também: Voto Nulo, Os sentidos da política – problemas e perspectivas, Vinte centavos, Anestesia mental., , De quem é o poder?, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Candidato Caô Caô, A arte de ler., Por que estamos nas ruas, Mídia Ninja, O analfabeto político, Ai meu Deus!, Multa não, ciclovia!, Bolsa ruralista, quer que desenhe?

John Titor , o VIAJANTE-ZERO

O Tempo ocupa o imaginário desde as mais remotas civilizações, pensadores e pesquisadores como Aristótenes, Galileu Galilei, Newton e Albert Einstein. A possibilidade do homem se deslocar tanto para o passado como para o futuro, segundo John Titor (pseudônimo) isso já aconteceu!

Em novembro de 2000, John Titor que se autodenominava VIAJANTE-ZERO (TimeTravel_0), declarou ser um viajante do tempo proveniente do ano 2036, porém foi desacreditado. O que define por “WORMHOLE” seria uma estrutura do espaço-tempo com a aparência de um túnel, conectando pontos separados no espaço e no próprio tempo. O Viajante-Zero “sumiu do mapa” em Março de 2001, em suas mensagens anunciou que deixaria o nosso tempo e retornaria ao ano 2036.

As razões e os motivos das suas viagens eram recolher informações ou certos itens necessários no ano 2036, vai ocorrer um bug em 2038. As missões realizaram-se entre os anos de 1960 e 1980, em 1975 deveria se apropriar de um computador IBM chamado 5100, um dos primeiros computadores portáteis e dotado de uma rara interface entre sua codificação e o emulador, a qual permitiria a qualquer programador acessar TODOS os códigos da IBM, este executa as linguagens de programação APL e BASIC.

Foto: Reabertura da ponte Fork South Bridge após inundação em novembro de 1940 no Canadá.

Fonte: In Ta na Lixeira

1928-cell-phone-cropped

Veja também: John Titor, CONSCIÊNCIAS NOTÓRIAS: ALBERT EINSTEIN, Morreu de que?, Vida inteligente., Via Láctea pelo navegador, Luzes, E fez-se a luz, El futuro, Batman – O Livro dos mortos, FORDISMO??, Processo licitatório?, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, LEVITATION

O mar de Aral virou areia.

O Mar de Aral, localizado na Ásia Central, já foi o quarto maior lago de sal, com sua riqueza de flora e fauna, hoje se encontra em avançado processo de desertificação. O aumento do teor de sal fez com que muitas espécies de peixes simplesmente morressem, onde anteriormente abrigou uma indústria pesqueira que empregava cerca de 40 mil pessoas e produzia 1/6 de todo o pescado da União Soviética.

Há duas vertentes que pretendem explicar o processo de desertificação:
Fenômeno Natural: o Mar de Aral estaria morrendo naturalmente devido a fatores climáticos e geológicos (vertente defendida oficialmente pelo governo soviético no início do fenômeno);
Fenômeno Antropogênico: o desvio das águas dos rios que desembocam no Mar de Aral estaria causando o problema (vertente consensual defendida atualmente). (Wikipedia)

Veja também: Falando sobre eco4planet, 10 lugares destruidos y abandonados por el hombre., Meio o quê?, Veneno ecológico para matar ratos., Idade do cão, Comida de tubarão, Ferramentas de destruição em massa., Feliz dia do índio!!!, Catastrofe natural?, A Melhor plástica de todas!!!