LEGO e sua turbina eólica de cana

O CEO da Lego, Niels B. Christiansen, declarou que a família por trás dos brinquedos mais conhecidos do mundo está empenhada em substituir o material que, desde 1934, está presente nvivimetaliunas casas de família ao redor de todo o mundo.

O plano é que todas as linhas de Lego sejam fabricadas com materiais sustentáveis até 2030, e compostos à base de cana-de-açúcar são os favoritos para assumir o papel. Vivimetaliun1

O lançamento dos seus primeiros blocos sustentáveis feitos com 98% de polietileno obtido da cana de açúcar, não por acaso todos verdes e no formato de árvores e plantas, no kit Plants from Plants, que marcam o começo de uma grande mudança, que começou 3 anos atrás, quando o LEGO Group investiu cerca de 134 milhões de euros na pesquisa de novos materiais sustentáveis. meiobit

A empresa está lançando agora seu primeiro brinquedo feito com o material. A novidade só reforça o compromisso da empresa com a sustentabilidade.

Trata-se de uma turbina de energia eólica completamente funcional feita com os blocos de montar, lançada em parceria com a empresa Vestas, líder no setor.

o kit será composto por mais de 800 peças e terá cerca de um metro de altura. A turbina de energia virá acompanhada de uma casinha de LEGO com luzes externas, um cachorro, e três personagens representando funcionários da Vestas. Vivimetaliun2

LEGO Plants Now Made from Real Plants – LEGO Group
Mais pecinhas: EJU ORENDIVE, AUDIOTECA SAL E LUZ, Fusca de Lego, HO’OPONOPONO, Palavras que não podem ser traduzidas, HORA DO CÓDIGO, FALANDO SOBRE LIBRAS, BIBLIOTECA WEB, Coleta seletiva de lixo, CURUPIRA, Impressora braile feita em LEGO, Stanley Kubrick, GOVERNO ABERTO, MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Edited by cell

Por que Pinga?

A cachaça acompanhou a história do Brasil desde o seu início, passando pelo o ciclo do açúcar, pelo crescimento das fronteiras territoriais e chegando até a urbanização do país, são várias as versões existentes sobre a origem da cachaça. Mapa da Cachaça

Do castelhano CACHAZA, vinho que era feito de borra de uva, da aguardente, que era usada para amaciar a carne de porco (CACHAÇO) e da grapa azeda, tomada pelos escravos e chamada por eles de cagaça. O caldo era apenas consumido pelos escravos, para que ficassem mais dóceis ou para curá-los da depressão causada pela saudade de sua terra (banzo). Alambique da Cachaça

pinga

*Momento Manguaça Cultural*

Antigamente no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo.
Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse, porém, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.
O que fazer agora?
A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor.
No dia seguinte encontraram o melado azedo fermentado, misturaram-o com o novo e levaram os dois ao fogo.

Resultado: o ‘azedo’ do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente, era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome ‘PINGA’.
Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de ‘ÁGUA-ARDENTE’
Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que, com a tal goteira, ficavam alegres e com vontade de dançar e sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo. Gabriel Junqueira Cabral, Humberto Kremer e Thiago Trossini

(História contada no Museu do Homem do Nordeste).

“Caros, sinto informar-lhes que esta história nunca foi contada pelo Museu do Homem do Nordeste, em nenhum de seus escritos, exposições ou qualquer documento do Museu. Nós, que fazemos o Museu do Homem do Nordeste, estamos numa verdadeira saga na internet tentando descobrir de onde saiu essa história… do Museu, tenham certeza, não foi”. Vânia Brayner (Coordenadora geral da instituição)

foto_fazenda

A venda e troca do produto representavam uma ameaça para a metrópole, já que ajudava a enriquecer os inimigos da Coroa, como os piratas holandeses que se estabeleceram no Nordeste. Nessa mesma época, Portugal produzia um destilado de uva chamado bagaceira, e o aumento da produção de cachaça fazia com que os colonos se desinteressassem cada vez mais em consumir a bebida portuguesa. Para inibir a produção da cachaça, Portugal estabeleceu um excessivo imposto cobrado dos fabricantes da aguardente, que insatisfeitos com a taxação, se rebelaram contra Portugal, marcando o episódio conhecido como Revolta da Cachaça, em 1660.

largo-do-paco-ano-1830-big-768x418

Salve o 13 de Setembro, o Dia Nacional da Cachaça, origem da data está ligada à Revolta da Cachaça, instituído para honrar a bebida que representa a cultura e a formação brasileiras, o néctar que traduz as heranças das raças que formaram a nossa identidade como nação. O Decreto 4.702 assinado em 2002 pelo presidente FHC, declara ser a Cachaça um destilado de origem nacional. Devotos da Cachaça

Enxergue mais: BEBER MENOSEMVPolítica, sempre ela.NAARA BEAUTY DRINK!!!, Universidades do mundo, VIDACELL®Mousse de vinho, Água mata?A ULTIMA CEIASugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Arroz com feijão, Coletores de sementes

35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista

Alguns turistas, após visitarem, querem comentar sobre a viagem com outras pessoas em seu país origem. Essa lista mostra 35 “verdades” que são bem populares, entre várias que falam lá fora: (Uhull)

1. No Brasil, ninguém nunca chega na hora certa, se você marcar as 18:00 com alguém, pode ter certeza que ele vai chegar lá pelas sete e meia e vai culpar o trânsito. A novela das 7 começa as 8 e das oito começa as 9, tudo sempre começa com no mínimo 10-15 minutos de atraso.
2. Ninguém paga em dinheiro, quase todo mundo prefere usar cartões de crédito e de débito. Mas se você decidir pagar em dinheiro, esteja preparado para o fato de que nunca têm troco e vai ficar sem alguns centavos ou/e receberá em balas.
3. Os moradores da maior cidade do país, São Paulo, gastam ao menos 2 a 3 horas em um trânsito horrível e alguns tem mais de um carro para burlar o rodízio de placas.

4. Os brasileiros adoram usar um chinelo de borracha chamado Havaianas. Mesmo em restaurantes caros e boates podem ser encontrados nos pés das pessoas.
5. O guaraná (um refrigerante local feito do fruto do guaraná da Amazônia) é mais popular que e Coca-Cola.
6. O cumprimento “Como está você?” deve ser sempre respondido com “Tudo bem, e você?”, mesmo se o dia não estiver sendo nada bom. Por pior que seja só responda: “Beleza!”.
7. Você não vai encontrar macacos nas ruas brasileiras, como na maior parte do mundo eles podem ser somente vistos em zoológicos.
8. As ruas são muito perigosas, por isso nunca se arrisque a andar em becos escuros. Nem deixe as crianças caminharem sozinhas nas calçadas.
9. Todos, mesmo os muito pobres, sempre tem alguém em casa que faz a faxina e prepara as refeições.
10. Nas casas é muito difícil encontrar um tapete no chão e papel de parede nas paredes. Tapetes nas paredes, é claro, mais difícil ainda.
11. A alimentação diária do brasileiro não é muito variada: arroz, batata frita, feijão cozido, salada e carne assada duas vezes por dia todos os dias.
12. Nas ruas de todas as cidades sempre encontramos um monte de mendigos e vagabundos, inclusive de jovens saudáveis que não sentem nenhuma vergonha de praticar ato tão vergonhoso.
13. Os brasileiros são pessoas muito falantes, alegres e sociáveis; falam pelos cotovelos com qualquer um, inclusive desconhecidos, em lojas e transportes públicos, com ou sem motivo aparente.
14. Os brasileiros adoram cerveja e cachaça (vodka de cana-de-açúcar).
15. Os preços de todos os produtos importados no Brasil é de 2 a 3 vezes maior do que em todos os outros países, um verdadeiro roubo, porque o governo cobra entre 70% – 100% sobre todas as mercadorias importadas.
16. O Brasil ainda tem 10% de pessoas que não sabem ler e escrever, e cerca de 30% da população são analfabetos funcionais (não conseguem entender a informação que leem).
17. Os brasileiros gostam de tomar café a qualquer hora do dia e da noite, até mesmo crianças pequenas podem beber o café desde a mais tenra idade.
18. Todos os doces no Brasil, são 2 ou 3 vezes mais doces que aqueles que estamos acostumados.
19. As atividades favoritas do brasileiro padrão são: assistir o futebol com os amigos, tomando cerveja; churrasco no domingo regado a muita cerveja; sol e praia com mais um monte de cerveja.

20. O feriado mais importantes do ano é o Natal. Ano novo não é particularmente acentuado.
21. A maioria dos brasileiros são católicos, cerca de 70% da população, vão a missa uma vez por semana para falar mal da vida uns dos outros.
22. O café da manhã tradicional brasileiro é o pão com manteiga ou com uma fatia de queijo e presunto e uma xícara de café ou café com leite.
23. Os brasileiros não gostam muito de carne de porco, não por causa de crenças religiosas, mas porque erroneamente acham que é pesada, difícil de digerir e que pode causar algum tipo de doença.
24. No sul do Brasil, há uma espécie de colônia europeia de loiros de olhos azuis. Nem todos os brasileiros tem cabelos escuros e pele bronzeada ou escura.
25. A parte mais cobiçada do corpo feminino no Brasil é a bunda. Quanto maior, melhor.
26. Por causa dos preços elevados, mesmo para produtos de primeira necessidade, alguns brasileiros fazem compras com cartão de crédito em parcelas de 2-3 vezes. É muito comum o parcelamento em lojas de departamento que vendem produtos em 6 a 12 vezes.
27. Falar inglês no Brasil não ajuda em nada, muitas vezes até atrapalha.
28. Os brasileiros são verdadeiros patriotas que amam seu país maravilhoso abençoado por Deus e bonito por natureza. Camisetas verdes e amarelas e bandeiras do Brasil sempre fazem parte do guarda-roupa de todo brasileiro.
29. A maioria absoluta dos casais têm filhos, uma média de dois por casamento.
30. Apesar do grande número de pessoas pobres, problemas sociais, políticos corruptos; os brasileiros são uma das nações mais felizes do planeta.
31. Durante o carnaval o país inteiro festeja. O carnaval é um feriado nacional.
32. A maior colônia japonesa fora do Japão está em São Paulo (Bairro da Liberdade).
33. Os brasileiros são muito temperamentais e ciumentos. Muito ciumentos mesmo, portanto cuidado ao flertar com mulheres acompanhadas!
34. Os brasileiros são muito ligados às suas famílias e continuam mantendo relações muito fortes com familiares, mesmo distantes (tios, tias, primos e irmãos).
35. As brasileiras são realmente gostosas.

Veja também: BBB por Antonio Barreto, The Matrix Norris, Brasileiro Reclama De Quê?, Quem paga o Carnaval!, Incêndio, apenas 4° andar é salvo., Vida inteligente.