Prêmio Darwin

“Em memória de Charles Darwin, o prêmio Darwin presta homenagem aos indivíduos que protegem nosso ‘pool’ de genes através do supremo sacrifício de suas vidas. Os galardoados eliminaram a si mesmo do rol dos vivos de uma forma extraordinariamente idiota, portanto aumentando as chances de nossa espécie de sobrevivência a longo prazo”. B. PIROPOTechTudo

O Prêmio Darwin ou Darwin Awards surgiu a partir de um grupo de usuários da internet que foi colecionando situações inusitadas a partir de dados pesquisados na imprensa, em 1985. Por volta de 1991 a cientista britânica Wendy Northcutt, que vez por outra costumava a mandar para os amigos estas situações institucionalizou o Prêmio. Em 1993 ela organizou um site onde publica todas as situações com base no que foi publicado na imprensa. Mas que situações são essas? Cidade Verde

Charles Darwin estabeleceu as bases da Evolução Moderna. Darwin criou a Teoria da Seleção Natural, segundo a qual a vida, que apresenta grande diversidade (cores, formas, modelos, tamanhos, comportamentos, estágios, estratégias, formas de nutrição, modos de acasalamento etc.) é selecionada pela própria natureza. Ou seja: a natureza seleciona os mais aptos. O que os criadores do Prêmio Darwin fizeram foi passar a selecionar situações de pessoas que cometeram atos tão estúpidos que terminaram sendo vítima de sua própria burrice.

Livro “O prêmio Darwin – a evolução em ação”, publicado em 2001

Há um pitada de humor negro nas histórias, mas para nós, o mais interessante é a reflexão que precisa ser feita antes de tomarmos determinadas atitudes, vamos encontrar dezenas de milhares de situações que nos empurram fatalmente a candidatos ao Prêmio Darwin.

“Somente duas coisas são infinitas – o universo e a estupidez humana, e não estou certo quanto ao Universo”. Albert Einstein

Todo ano são concedidos alguns prêmios Darwin e eu costumo citar os mais relevantes. São exemplos que ilustram fielmente uma característica inerente à nossa espécie cuja crescente magnitude não cessa de me causar admiração: a estupidez. Tanto assim que, na página de abertura do sítio “The Darwin Awards: In Search Of Smart” (de onde foram extraídos os exemplos abaixo, cujos direitos autorais pertencem, portanto, à responsável por sua compilação, Wendy Northcutt) consta a afirmação: “Human Intelligence is MIA, Presumed Dead”. “MIA” é o acrônimo da expressão do inglês: “perdido em combate”, portanto a frase significa “A inteligência humana foi perdida em combate. Presumivelmente está morta”. O que faz todo o sentido.

Darwinze-se: Darwin cadê você?, Chora Darwin., Bishop e o “Oasis”, Eu te disse, eu te disse., Brincando de lógica, Bandeirantes Modernos, Horrible Histories, Bardo Thodol, Batman – O Livro dos mortos, Juan dos Mortos, E…que Deus nos ajude!!, Oito filmes que retratam o suicídio