Restoration VW Monster Beetle Classic – Off Road Bug

Restoration VW Monster Beetle Classic – Off Road BugRestoration

A Monster Classic Beetle for Absolute Off-Roading ! About the Car : The Volkswagen Beetle—officially the Volkswagen Type 1, informally in German the Käfer (meaning “beetle”), in parts of the English-speaking world the Bug and known by many other nicknames in other languages—is a two-door, rear-engine economy car, intended for five occupants (later, Beetles were restricted to four people in some countries), that was manufactured and marketed by German automaker Volkswagen (VW) from 1938 until 2003.

The need for a people’s car (Volkswagen in German, and in the English-speaking world in the early 20th century as “folks’ wagon”), its concept and its functional objectives were formulated by the leader of Nazi Germany, Adolf Hitler, who wanted a cheap, simple car to be mass-produced for his country’s new road network.

FERRO VELHO DE MINIATURAS, Wellcome Boxerville (Adulto), CUPINS DE FERRO, Rolê De Natal Volks Club Mooca, FUSCA ACELERADOS, Fusca Azul, a chegada

A última despedida do Fusca!?!

A Volkswagen encerrou a produção do Fusca no México em julho do ano passado, mas só se despediu oficialmente do modelo na última terça-feira (31/dez/19). A marca publicou em seu canal no YouTube uma animação que mostra um pouco da trajetória do carro nos Estados Unidos, onde uma série especial de despedida foi lançada em 2018.

A animação termina com a silhueta da dianteira do recém-lançado ID.3, hatch elétrico considerado o terceiro carro mais importante da história da Volks junto com o próprio Fusca e o Golf.

Vale lembrar que o Fusca foi produzido no México até 2003. A primeira “reencarnação”, mais conhecida como New Beetle, foi feita no país até 2011. O último Fusca chegou logo em seguida e ficou sete anos em produção.

No Brasil, o Fusca foi montado com peças importadas da Alemanha, entre 1951 e 1959. A produção nacional durou até 1986. A pedido do então presidente Itamar Franco, o modelo foi ressuscitado entre 1993 e 1996. Guilherme Silva – Carsale

O Fusca é facilmente um dos carros mais reconhecidos na história dos automóveis”, ressaltou Saad Chehab, vice-presidente de marketing da Volkswagen. “Honrá-lo adequadamente exigia um meio com tanta versatilidade e apelo universal quanto o próprio carro”. noticias automotivas

Fusque-se: Kombi solar 1973 – Energia Fotovoltaica, Devel Sixteen, Aiways U5, na Europa, Fisker Ocean 2020, Conversão de veículos elétricos, Volkswagen transforma Fusca em elétrico, iEV20, ID.3, quer ser o Fusca elétrico.

Porsche, Fusca: a volta dos que não foram.


O Fusca saiu de linha em 1986, mas a aposentadoria durou pouco, um pedido do então presidente Itamar Franco (e o enquadramento de ipi como carro 1.0) fez com que o VW voltasse em 1993, o retorno no Brasil durou até 1996. Rodrigo Ribeiro

Porsche 911 GT2 RS, produção retomada para atender brasileiros após naufrágio (Divulgação/Porsche)

Delorean DMC-12, uma companhia do Texas (EUA) prometeu retomar a produção do icônico esportivo irlandês de aço inox, atualizando-o, mas o visual oitentista ficará intocado.


Um incêndio na fábrica da jaguar em 1957 fez com que nove dos únicos 25 XKSS produzidos fossem destruídos, em 2016, a empresa retomou a fabricação do esportivo – mantendo a sequência de chassi – para completar o lote original. Quatro Rodas

Muitos modelos de automóveis foram lançados e desapareceram do mercado nas últimas décadas, onde se reinventaram com novos nomes, visuais e tecnologias diferentes.

15 carros extintos que retornaram ao mercado: Chevrolet Camaro; Chevrolet Impala; Chevrolet Malibu; Chrysler 300; Dodge Charger; Dodge Challenger; Fiat 500; Fiat 124 Spider; Ford GT; Lincoln Continental; Toyota Yaris iA; Maserati Ghibli; Mini Cooper, Clubman, Countryman; Volkswagen New Beetle. Forbes

Veja também: QUEM MATOU O CARRO ELÉTRICO?, Eu vou de bike, e você?, Mais que chaves, Hemp Car,Planta autosuficiente, Filmografia dos carros do cinema, Ilha das Flores, Roda tecnobikelógica, Ayrton Senna da Silva,Velozes e Incompetentes

Edited by cell

Aranha azul elétrica, besouro aquático e mais 30 novas espécies descobertas na Amazônia

O zoólogo Andrew Snyder fazia parte de uma expedição que passou o mês de março de 2014 investigando todas as formas de vida encontradas no Parque Nacional Keieteur, região amazônica de Guiana, país vizinho do Brasil. Sua especialidade é répteis e anfíbios, mas por um evento de sorte, foi o responsável pela descoberta de uma nova espécie de aranha. LUIZ FELIPE SILVA
O relatório final publicado pela Global Wildlife Conservation e parceria com a WWF lista pelo menos 30 novas espécies que possivelmente jamais tenham sido catalogadas pela ciência até então, todas elas típicas da Amazônia da Guiana.


Specifically, as the herpetologist for the Biodiversity Assessment Team, a joint conservation research team through Global Wildlife Conservation and World Wildlife Fund-Guianas, I am tasked with surveying for amphibians and reptiles during our rapid inventories.


A área explorada pelos pesquisadores abriga animais como o jaguar, o galo da rocha, a mini-rã dourada, provavelmente da espécieAnomaloglossus beebei , e o javali de lábio branco, além do possível exemplar da espécie Stefania evansi (foto). BBC

Editado via celular

Antártica 1

Fusca usado na Antártida: A história que venceu rali no deserto! – Youtube

Fusca sendo fabricado na fábrica da Volkswagem – Youtube

Fabricação do fusca na fábrica da volkswagem, todo o processo da fabricação das chapas, montagem dos motores até os testes finais de qualidade. antigossp

Volkswagen Baja Bugs! Starting an Off-Road Club with the Iconic Beetles – Dirt Every Day Ep. 23 – Youtube

Observe mais: CIDADES DEMOCRÁTICASLUMINESCE™POLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA RECLAMAÇÃO DE QUE GAROTOS ESTÃO JOGANDO BASQUETE NA RUAA RAINHA DE MAIONAARA BEAUTY DRINK!!!EXAME COM UMA GOTA DE SANGUEA ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓSVIDA SIMPLESAUTODOMÍNIO E O PAPEL DA CONSCIÊNCIA NA CRIAÇÃO DA REALIDADEINSTANTLY AGELESS ™MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINETHE JOLLY BOYSVIDACELL®BALEIA OU SEREIA.RESERVE™A HISTÓRIA DO JARDINEIRO DE OXALÁVIDA INTELIGENTE.LEI BRASILEIRA DE INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

John Titor , o VIAJANTE-ZERO

O Tempo ocupa o imaginário desde as mais remotas civilizações, pensadores e pesquisadores como Aristótenes, Galileu Galilei, Newton e Albert Einstein. A possibilidade do homem se deslocar tanto para o passado como para o futuro, segundo John Titor (pseudônimo) isso já aconteceu!

Em novembro de 2000, John Titor que se autodenominava VIAJANTE-ZERO (TimeTravel_0), declarou ser um viajante do tempo proveniente do ano 2036, porém foi desacreditado. O que define por “WORMHOLE” seria uma estrutura do espaço-tempo com a aparência de um túnel, conectando pontos separados no espaço e no próprio tempo. O Viajante-Zero “sumiu do mapa” em Março de 2001, em suas mensagens anunciou que deixaria o nosso tempo e retornaria ao ano 2036.

As razões e os motivos das suas viagens eram recolher informações ou certos itens necessários no ano 2036, vai ocorrer um bug em 2038. As missões realizaram-se entre os anos de 1960 e 1980, em 1975 deveria se apropriar de um computador IBM chamado 5100, um dos primeiros computadores portáteis e dotado de uma rara interface entre sua codificação e o emulador, a qual permitiria a qualquer programador acessar TODOS os códigos da IBM, este executa as linguagens de programação APL e BASIC.

Foto: Reabertura da ponte Fork South Bridge após inundação em novembro de 1940 no Canadá.

Fonte: In Ta na Lixeira

1928-cell-phone-cropped

Veja também: John Titor, CONSCIÊNCIAS NOTÓRIAS: ALBERT EINSTEIN, Morreu de que?, Vida inteligente., Via Láctea pelo navegador, Luzes, E fez-se a luz, El futuro, Batman – O Livro dos mortos, FORDISMO??, Processo licitatório?, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, LEVITATION