Volkswagen ID.Buzz: nova Kombi elétrica

Nove anos depois de sair de produção no Brasil – por causa da obrigatoriedade de air bags e freios ABS para os carros 0-km -, a Kombi está de volta. Da van original que foi feita no Brasil até dezembro de 2013, fica só o saudosismo e alguma inspiração no visual. Até o nome mudou: o novo furgão se chama ID.Buzz. Vagner AquinoJornal do Carro. 09 de mar, 2022

A sigla ID identifica os carros elétricos da marca alemã. Já o nome Buzz, este sim, remete ao modelo original lançado em 1950. Na Europa, a Kombi (conhecida dos brasileiros) era chamada de VW Bus e Transporter ou T1. O nome popular por aqui vem de “Kombinationsfahrzeug”, que, em alemão, significa “veículo combinado” ou “veículo multiuso”.

Palavras PerdidasBuzzzZERO, ID.3, quer ser o Fusca elétrico.Bobina de Tesla, Livros para Colorir, Kombi com banheiro!?!, Stella Vita, autonomia de 3 mil km, Kombi House

Você sabia que existem dois Amazonas na Amazônia? Ou três?

A Amazônia está presente no território de nove países na América do Sul e muitos termos e nomes acabam sendo parecidos. No Brasil sabe-se que o maior Estado em extensão territorial é o Amazonas, na Região Norte, e que abriga boa parte da floresta tropical. Portal Amazônia – 06/12/2021

Área com destaque em vermelho representa o Amazonas brasileiro. Google Maps

Maior Estado brasileiro, possui 1.559.167,878 km² e uma população estimada de 4.269.995 habitantes em 2021 de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Possui 62 municípios e a capital é Manaus.

A fronteira nacional é com Roraima, Pará, Mato Grosso, Rondônia e Acre. Já internacionalmente é com a Venezuela, a Colômbia e o Peru, onde existe o outro Amazonas.

Área com destaque em vermelho representa o Amazonas peruano. Google Maps

É uma das 25 regiões do Peru e possui 39.249,13 km². A população é de aproximadamente 390 mil habitantes, de acordo com dados governamentais. Sua capital se chama Chachapoyas.

A fronteira nacional é com Loreto, San Martín, La Libertad e Cajamarca. Já internacionalmente é com o Brasil, a Colômbia, o Equador, a Bolívia e o Chile.

Área com destaque em vermelho representa o Amazonas colombiano. Maps

O terceiro Amazonas é um dos 32 departamentos da Colômbia e o maior em termos de área territorial, com 109.665 km². A população é de cerca de 80 mil habitantes e a capital é Leticia.

É um importante centro eco turístico, com destaque para  os lagos Tarapoto e Canyon; as comunidades indígenas, como a Hitoma; e ainda as reservas e parques naturais.

Faz fronteira nacional com os departamentos de Caquetá, Vaupés e Putumayo, e ainda faz parte da tríplice fronteira internacional com o Peru e o Brasil, com o nosso Amazonas.

Palavras Perdidas: AYAHUASCA FUNCIONA? EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS?, Ademar Vieira, amazonense e suas tirinhas!!!, 5 mil anos sem destruir, Amazonas decreta situação de emergência, I AMazonia, Mapa dos ecossistemas intactos da Terra

TEORIA DO CAPITAL HUMANO – RESUMO

A teoria do capital humano inovou a concepção de sociedade dos políticos e empresários modernos. Enquanto o mundo todo buscava aumentar a linha de produção, intensificar o ritmo de trabalho e focar no maquinário, Theodore Schultz caminhou na direção contrária, focando a economia na alegria do homem de carne e osso. TÊTE-À-TÊTE

A Teoria do Capital Humano alega que investimentos em educação e saúde podem aprimorar as habilidades e a vontade de trabalhar dos indivíduos, aumentando sua satisfação e produtividade, o que melhoraria a sociedade como um todo.

Capital vem do latim, capitale, palavra latina originada da palavra caput, que significa “cabeça”. Isto é uma alusão à riqueza, que em outros tempos era maior de acordo com a quantidade de cabeças de gado possuídas. O termo também pode significar liderança e poder.

Em economia, capital é um bem destinado à produção de outros bens econômicos. Por exemplo, uma máquina que faz xícaras é um capital, porque produz outros bens econômicos.

O dinheiro é uma espécie de capital, porque com ele é possível adquirir outros bens ou comprar materiais necessários para alguma produção. O dinheiro, portanto, gera valor ou itens de valor. 

Por sua vez, os bens de consumo estão diretamente ligados à satisfação do homem. Antes de Schutz, grande parte dos intelectuais da economia não consideravam os bens de consumo como capital.

A teoria do capital humano de Schultz, em resumo, traz uma inovação na maneira de classificar o capital e no modo de hierarquizar os bens econômicos.

Muitos economistas encaravam os bens de consumo como algo não produtivo, focando no desenvolvimento do capital técnico, ou seja, equipamentos e geração de valor stricto sensu. Schultz vê a economia de modo diferente.

Para ele, quanto mais um funcionário estiver satisfeito na vida pessoal, maior será a possibilidade de que ele trabalhe mais e melhor.

Schultz vê nos bens intelectuais, nos bens de consumo e nos bens pessoais uma possibilidade de aumentar as produções de capital. Assim, os bens da vida particular, que estão fora do termo capital da economia, foram chamados de capital humano.

A teoria afirma que o auxílio no aperfeiçoamento da vida pessoal dos trabalhadores é um investimento que pode ser feito pelo governo e pelas empresas. Alguns exemplos são:

  • investimento do governo para aprimorar escolas, pensando na diversão dos alunos e no ensino da moral;
  • investimento das empresas na saúde dos trabalhadores, fornecendo médicos, dentistas e nutricionistas;
  • investimento no aprimoramento intelectual dos funcionários, com cursos de ética, psicologia, literatura e etc.;
  • realização de palestras sobre temas importantes para a vida particular e social;
  • investimento das empresas no aprimoramento dos funcionários em questões técnicas, que não sejam 100% relacionadas com o trabalho do funcionário;
  • incentivo à união dos funcionários através de confraternizações e prática de esportes coletivos e atividades de lazer.

A maneira como Theodore Schultz descobriu esses elementos influenciou grande parte dos postulados da teoria do capital humano, segundo sua teoria, quanto maior o desenvolvimento do capital humano, maior o desenvolvimento do capital.

Theodore Schultz, criador da teoria do capital humano
Theodore Schultz, criador da teoria do capital humano.

A teoria do capital humano surgiu em 1971, através das observações do economista da Universidade de Chicago, Theodore Schultz, ganhador do prêmio Nobel de economia. Schultz estava desenvolvendo a disciplina da Economia da Educação, até que chegou ao ápice dos seus estudos no lançamento do livro Investment in Human Capital: The Role of Education and of Research, em 1971.

O rápido reerguimento de alguns países após a II Guerra Mundial foi vital para a teoria do capital humano.

O Japão e a Alemanha reergueram suas economias rapidamente no pós-guerra. Em contrapartida, a Inglaterra fazia racionamento de alimentos anos depois do fim dos conflitos.

Estudando esse fenômeno, Schultz percebeu que os países que melhor se reconstruíram, passaram por uma intensa dedicação nas áreas da saúde e da educação de todos os seus cidadãos.

Sem os empecilhos de ter que correr atrás de sua sobrevivência e com um bom foco profissional, fornecido pela educação, os cidadãos japoneses e alemães podiam dedicar-se à vida acadêmica e de produção técnica com muita facilidade.

Schultz também constatou que os EUA tinham uma vantagem que os favorecia economicamente: seus cidadãos investiam em aprimoramento pessoal. Os EUA eram a maior economia do mundo, e ao mesmo tempo eram um dos países que mais possuíam a cultura de desenvolvimento pessoal.

Schultz relacionou os dois fatores e descobriu que os investimentos pessoais eram uma das causas primárias do sucesso econômico dos Estados Unidos.

A teoria do capital humano passou a ver o investimento em bens particulares e bens de consumo como um dos principais potencializadores da economia, diferentemente do que propõe a tese marxista.

Os representantes da teoria econômica do capital humano, por sua vez, afirmam que a aplicação de seus métodos é benéfica tanto para os patrões quanto para os funcionários. Os trabalhadores receberiam o salário justo e investimentos que vão além do pagamento devido.

Os capitais humanos são todos os bens pessoais que geram satisfação à pessoa e que elevam as capacidades que não estão diretamente ligadas a função do trabalhador, exemplos de capitais humanos são:

  • Desenvolvimento cultural — conhecimentos humanos como filosofia, psicologia, literatura;
  • Desenvolvimento de conhecimentos técnicos, como informática, comunicação objetiva e conhecimento gramatical;
  • Conhecimento de bons valores através da ética, especialmente ética profissional;
  • Atividades de lazer.
Em que sentido a teoria do capital humano está presente nas políticas educacionais?

Um dos principais fatos sociológicos para a disseminação da teoria foi o apoio das instituições pertencentes ao acordo de Bretton Woods, que consistiu na resolução de grandes instituições financeiras para financiar iniciativas vocacionais e educacionais pelo mundo. As principais instituições que assinaram o pacto foram o Fundo Monetário Internacional – FMI e o Banco Mundial.

Um dos principais investimentos no Brasil é o BIRD, projeto que emprestou 250 milhões de dólares para a realização do projeto Novo Ensino Médio.

Gary Becker foi um dos responsáveis em disseminar a teoria do capital humano no meio acadêmico, fazendo com que o pensamento adquirisse importância intelectual em diversas faculdades.

Uma das influências de Schultz no Brasil pode ser vista no grande investimento do país em educação, que cresceu exponencialmente após a década de 80. Brasil, Pátria Educadora, era o principal lema do governo da presidente Dilma Rousseff, a partir de 2015.

Um estudo feito por Ricardo Paes de Barros demonstra que os investimentos financeiros na educação brasileira cresceram, mas a produtividade profissional ficou estagnada e demonstrou quedas em alguns períodos.

Gráfico à respeito da evolução da qualidade de ensino em certos países, incluindo o Brasil.

Em 2018 o Brasil participou do PISA, uma pesquisa de avaliação do ensino escolar internacional. Dos 79 países que participaram, o Brasil ficou na 60ª posição. Atrás dos Emirados Árabes Unidos, Vietnã e México. 

O percentual do PIB brasileiro que sai dos cofres públicos para financiar a educação chega a ser de quase 6%, totalizando mais de R$100 bilhões de reais. Esse número não está abaixo do padrão da OCDE; antes, pelo contrário, é 30% maior que a média.

O problema da educação brasileira não é de investimento. É necessário analisar como é usado esse investimento e qual é o método de ensino.

O Brasil utiliza o método educacional do socioconstrutivismo, na vertente do educador Paulo Freire, que vislumbra uma educação que liberta. Platão, Aristóteles e tantos outros falaram sobre o papel que a educação tem, incluindo o viés de libertação da alma.

O professor de história, Thomas Giulliano, autor do livro Desconstruindo Paulo Freire, explica que o patrono da educação tratava a história do Brasil como formada pela alienação, pelas desigualdades e pela opressão e, assim, sua pedagogia deveria ser o meio de libertação do aluno, tornando-o um agente transformador da sociedade.

O ensino de Paulo Freire é baseado na doutrina da luta de classes de Karl Marx, segundo o aluno deve ser educado para militar contra a lógica da economia de mercado e dos valores conservadores, instituições que Marx encarava como as causas dos males da sociedade.

Segundo o especialista em educação, professor Felipe Nery, o problema da educação no Brasil não é um problema de falta de recursos ou de pouco investimento, o Brasil aplica em seu sistema educacional um “valor” acima da média dos países desenvolvidos. O problema é ideológico e começou no período militar. 

Nesse período, o primário passou a ser voltado à formação intelectual do aluno e o secundário à preparação de trabalhadores para o mercado.

Paulo Freire tornou-se secretário da educação de São Paulo, criou a medida da aprovação automática e sua doutrina educacional, que envolve a alfabetização e a educação militante, tornou-se regra nos currículos universitários brasileiros, estabelecendo esses fundamentos na sua maior obra, intitulada Pedagogia do Oprimido.

Ou seja, há um problema na cultura educacional: ela instrumentaliza politicamente os alunos ao mesmo tempo que compacta seus conhecimentos e técnicas para o mercado de trabalho. brasilparalelo

Humanize-se: E se Karl Marx vivesse hoje em dia? Socialismo vs ou = Capitalismo, Marx escreve uma carta de repúdio ao professor, BRANCA ALVES DE LIMA, Paulo Freire plagiou professor americano e destruiu a educação brasileira, Gatos x cachorros x escravos

O QUE COREANOS PENSAM DOS BRASILEIROS

O QUE COREANOS PENSAM DOS BRASILEIROSCoreaníssima 엘레나

Como uma coreana que viveu no Brasil e namora um brasileiro, sempre escuto essas coisas! Tento explicar, mas é um trabalho duro. Claro que tem coreanos que sabem que nem tudo é assim, então espero que finalmente mais gente aprenda sobre o Brasil. Tem tanta coisa boa!

COSTUMES QUE PEGUEI NO BRASIL E ME OLHAM ESTRANHO NA COREIA

Eu até gosto de fazer essas coisas… mas os coreanos ainda não estão preparados pra isso!

ELOGIOS BRASILEIROS CONSIDERADOS XINGAMENTOS NA COREIA

Diferenças culturais podem transformar o mais doce dos elogios em uma crítica cruel. Por isso, tome cuidado quando você disser esses elogios para uma coreana ou coreano!

Coreze-se: RUSSA REAGINDO OS MEMES BRASILEIROS SOBRE O VLADIMIR PUTIN, Mulheres russas falam português, Quatro maneiras para você observar o Multiverso, RÚSSIA BRASILEIRA, Takarazuka, O Tradutor, Día de muertos

Which one do you prefer?!?

Instagram: ademar__vieira

Brazil needs to change its choices and redirect its bets. Continuing to invest billions in the current agricultural model that transforms forests into pastures and into green deserts of poisoned grain monoculture, only aggravates the social, environmental and climate crises.

The solution? Yes, it exists! Strengthen family farming and agroecology, systems that produce real food in partnership with nature, free from poisons and generating jobs and income for people. That’s what I try to show in this strip, made at the request of @greenpeacebrasil , which is called “Which one do you prefer?”

O Brasil precisa mudar suas escolhas e redirecionar suas apostas. Continuar investindo bilhões no atual modelo agropecuário que transforma florestas em pasto e em desertos verdes de monocultura de grãos envenenados, só agrava as crises, social, ambiental e climática.

A solução? Sim, ela existe! Fortalecer a agricultura familiar e a agroecologia, sistemas que produzem comida de verdade em parceria com a natureza, livre de venenos e gerando emprego e renda para as pessoas. É isso que tento mostrar nessa tirinha, feita a pedido do Greenpeace Brasil, que se chama “Qual você prefere?”

Brasil necesita cambiar sus elecciones y reorientar sus apuestas. Continuar invirtiendo miles de millones en el modelo agrícola actual que transforma los bosques en pastizales y desiertos verdes de monocultivo de granos envenenados, solo agrava las crisis sociales, ambientales y climáticas.

¿La solución? ¡Sí, existe! Fortalecer la agricultura familiar y la agroecología, sistemas que producen alimentos reales en alianza con la naturaleza, libres de venenos y generadores de empleo e ingresos para las personas. Y eso es lo que trato de mostrar en esta tira, realizada a pedido de Greenpeace Brasil, que se llama “¿Cuál prefieres?”

Wichze-se: Agro será mesmo?, 1ª Feira de Economia Solidária e Agricultura Familiar, OURO VERDE E PROTEÇÃO DO PLANETA, Prefeitura e Segurança alimentar, Projeto Horta Educativa, As MELHORES PLANTAS pra HORTA

Aquatume

Instagram: diversas.curiosidades
Instagram:
Instagram

Aquatume era uma hábil articuladora política, ao chegar no Brasil continuou. Chegando ao Brasil ela foi batizada a força, marcada com ferro quente nos seios . Foi levada ao Recife e vendida como escrava reprodutora. Já no Recife ela descobriu a existência de um lugar chamado Quilombo dos Palmares. E então começou a articular um movinto já que o Engenho onde morava era muito violento. Ela revoltou-se contra a Casa Grande atraindo em torno de 200 pessoas que marcharam rumo ao Quilombo dos Palmares.

Integrando a luta pela liberdade, em nome da sua ancestralidade de reis livres e contra a violência que sofreu nas mãos dos Portugueses. Ela teve filhos uma chava Sabina que foi mãe de Zumbi dos Palmares. Fonte Pretos Top de Linha Facebook

Aquaze-se: Xokleng, Preconceitos, padrões, estigmas e outras anomalias, Dia da consciência negra e dos seres humanos,

O eVTOL da EMBRAER

O eVTOL da EMBRAER – Muito mais que um CARRO VOADORAero Por Trás da Aviação

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Avantto, líder no ramo de compartilhamento de aeronaves no Brasil, assinaram uma Carta de Intenções e anunciaram hoje uma parceria destinada ao desenvolvimento do ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana (UAM, sigla em inglês) na América Latina. Essa parceria inclui um pedido de 100 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL) da Eve, bem como uma colaboração para desenvolver uma nova operação do veículo aéreo no Brasil e em toda a América Latina. As entregas devem começar em 2026. Carlos FerreiraAeroin

“Há mais de uma década, a Avantto desenvolve softwares, sistemas e procedimentos que permitem oferecer serviços de transporte de helicóptero em áreas urbanas e de curta distância sob medida, 24 horas por dia, 7 dias por semana, para centenas de seus membros ativos. Esse conhecimento exclusivo será um dos principais pilares do ecossistema de mobilidade aérea urbana desenvolvido pela parceria Eve/Avantto”, explica Rogério Andrade, CEO e fundador da Avantto.

Paralelamente, o projeto de Gestão do Tráfego Aéreo Urbano da Eve alcançou um novo marco em sua colaboração com a Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido (CAA, sigla em inglês), para desenvolver um ambiente escalável necessário para hospedar voos da UAM.

A Honda está oficialmente se juntando ao grupo de desenvolvedores eVTOL, confirmando os planos de uma aeronave híbrida-elétrica para transporte interurbano de longo alcance. A montadora revelou seu conceito eVTOL em 30 de setembro, junto com detalhes de um robô avatar e novas tecnologias espaciais .

Em um comunicado à imprensa, a Honda disse que a aeronave apresentará uma unidade de energia híbrida de turbina a gás para permitir o transporte entre as cidades, não apenas dentro delas. A empresa afirma que o único caso de uso “realista” para táxis aéreos totalmente elétricos hoje é o transporte intra-cidade, devido às limitações atuais da bateria.

Estamos desenvolvendo nosso eVTOL (Veículo elétrico de pouso e decolagem vertical) com uma abordagem única: combinando inovação disruptiva e uma filosofia de design centrada no usuário, juntamente com os mais altos níveis de padrões de segurança e os 50 anos de excelência em engenharia da EMBRAER.

EMBRAERze-se: Invenções Geniais Que Provam Que Você Está Vivendo No Futuro, eBussy, os Carros Modulares chegaram!, Society 5.0, Quem disse que não dá, surpreendentes usbs xtreme, Dolly vai a luta, WEG: A Gigante do Brasil

Dia do professor

Instagram: saulo_pessato

O Dia dos Professores é comemorado no Brasil anualmente em 15 de outubro. Calendarr

A data foi criada para homenagear esses profissionais que dedicam suas vidas à transmissão do conhecimento e ao desenvolvimento da educação no nosso país.

Esta data foi oficializada nacionalmente como feriado escolar através do Decreto Federal nº 52.682, de 14 de outubro de 1963.

O Decreto define a razão do feriado:

“Para comemorar condignamente o Dia dos Professores, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Pinterest

A data era comemorada informalmente, mas foi um projeto de Antonieta de Barros a lei que criou o Dia do Professor e o feriado escolar nessa data (Lei Nº 145, de 12 de outubro de 1948), em Santa Catarina. A data seria oficializada no país inteiro somente 20 anos depois, em outubro de 1963, pelo presidente da República, João Goulart. Outras leis importantes foram concessões de bolsas de cursos superiores para alunos carentes e concursos para o magistério, para elevar o ensino público e evitar apadrinhamentos. ALINE TORRES – El País

Antonieta de Barros está entre as três primeiras mulheres eleitas no Brasil. A única negra. Foi eleita em 1934 deputada estadual por Santa Catarina, mesmo ano que a médica Carlota Pereira de Queirós foi eleita deputada federal por São Paulo. Sete anos antes, Alzira Soriano havia sido eleita prefeita num pequeno município do Rio Grande do Norte, primeiro estado a permitir disputas femininas.

A nível internacional, o Dia Mundial dos Professores é celebrado anualmente em 5 de outubro.

O dia 15 de outubro foi escolhido para comemorar o dia do professor, pois em 15 de outubro de 1827, Dom Pedro I, Imperador do Brasil, decretou uma Lei Imperial responsável pela criação do Ensino Elementar no Brasil (do qual chamou “Escola de Primeiras Letras”), e através deste decreto todas as cidades deveriam ter suas escolas de primeiro grau.

Pinterest

Girafaleze-se: Dia do Professor, FELIZ DIA DOS PROFESSORES!, Dia dos professores, afinal você é um!?!, Comemoramos ou não o dia dos Professores?!?, Domínio Público, Índio Educa, EadGuru

Telhas de grafeno

A Telite S.A., uma empresa do município fluminense de Comendador Levy Gasparian que fabrica telhas com plástico reciclado desde 2013, está apostando em um novo produto para alavancar as suas vendas: telhas acopladas com grafeno para reter energia solar. O material é composto de átomos de carbono e conduz energia fotovoltaica, e tem sido uma grande aposta da indústria tecnológica nos últimos anos. tecmundo

A nova telha da Telite consegue converter a energia solar em eletricidade, tornando as construções autossuficientes em energia. Conforme um comunicado da empresa, apenas quatro unidades desses elementos de cobertura são suficientes para gerar até 30 kWh mês, o suficiente para manter uma residência média funcionando durante o período.

Como o grafeno é um material muito fino e a composição das telhas é de resíduos plásticos, as placas são leves, pesando apenas 7 kg e com 1,90m x 1,10m de tamanho. Segundo o fundador e CEO da Telite, Leonardo Retto, cada telha deverá custar entre R$ 140 a R$ 150, um valor 40% inferior ao dos painéis solares convencionais.

Como o grafeno é um material muito fino e a composição das telhas é de resíduos plásticos, as placas são leves, pesando apenas 7 kg e com 1,90m x 1,10m de tamanho. Segundo o fundador e CEO da Telite, Leonardo Retto, cada telha deverá custar entre R$ 140 a R$ 150, um valor 40% inferior ao dos painéis solares convencionais.

Após um faturamento positivo de R$ 38 milhões no ano passado, a Telite tem a expectativa de gerar cerca de R$ 50 milhões com o novo produto. A autossuficiência pode representar um importante diferencial no Brasil, pois não apenas economiza, como garante o fornecimento, em um período em que a emergência hídrica volta a surgir como uma grande ameaça de apagões.

O projeto da Telite prevê que suas telhas fotovoltaicas possam ser colocadas à venda ainda neste ano. O que ainda falta para a viabilização da proposta é a aprovação do Inmetro, o que deve ocorrer entre este mês e o próximo. Concluída essa etapa, a telha será testada com cerca de meia dúzia de clientes, para aperfeiçoamentos e identificação de possíveis falhas, antes de ir ao mercado.

Para comercialização das telhas, a Telite já possui parceria com as varejistas Magazine Luiza, Casas Bahia, Lojas Americanas, Shoptime, Leroy Merlin, Telhanorte e C&C.

Telhaze-se: Telha elétrica, Reuso de água na Semana do Químico, Petrovita, CopenHill, a usina de lixo., Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, Micro hidrelétrica e redemoinhos

O caminho do Peabiru

O Caminho de Peabiru é uma rota indígena antiga. Para alguns, o significado em guarani é “Terra sem males”, mas são encontradas várias versões para o significado de seu nome. Os Guaranis o chamavam de Peabiru, Piabiru ou Piabiyu, que significa “caminho” em guarani (pia, bia, pe, bia; ybabia: caminho que leva ao céu). Ou Caminho do Peru, sendo a palavra um híbrido de tupi – pe (caminho) + biru (Peru). Secretaria da
Educação e do Esporte do Paraná

Itinerário de Ulrich Schmidel com o Caminho de Peabiru em destaque. Adaptado de Maack (2002). Organizado por Ana Paula Colavite

Os primeiros portugueses, quando chegaram por aqui, ouviram dos índios histórias sobre um caminho que ligava o Oceano Atlântico a um lugar descrito como os Andes. Ele ia de São Vicente, litoral paulista, à Cusco, no Peru. Existiam também outros ramais, partindo de Cananeia, também em São Paulo, e São Francisco do Sul, em Santa Catarina. Esse caminho atravessava os limites territoriais do Brasil até chegar ao Peru, ligando o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico, passando por matas, rios, pântanos e cataratas com uma extensão de três mil quilômetros, aproximadamente.

Esboço do Caminho de Peabiru na América do Sul. Adaptado de Bond & Finco (2004). Organizado por Ana Paula Colavite.

O caminho era uma estrada primitiva, porém muito bem ordenada rumo ao desconhecido, que possuía oito palmos de largura, ou seja, cerca de um metro e meio de largura e um rebaixamento de 40 centímetros. Alguns dizem que o percurso era coberto por uma espécie de gramínea que não permitia que arbustos, ervas daninhas e árvores crescessem em seu curso, e evitava também a erosão, pois ele era intensamente utilizado. O Caminho propiciava uma troca cultural e mercantil muito rica entre os povos. Além disso, atendia à necessidade desses povos em terem um caminho e uma forma de comunicação.

Historiadores e estudiosos do assunto garantem que ela liga a Baixada do Maciambu, em Palhoça, ao Peru. Dayane Bazzo – NSC Total

Flavio dos Santos, 48, nativo de Palhoça e pesquisador do Caminho do Peabiru, conta que tudo indica que os índios abriram a trilha quando estavam indo em busca da Terra sem Males, um lugar onde não havia guerra entre tribos.

Eles caminhavam em direção ao nascer do sol e chegaram na localidade conhecida antigamente como Porto dos Patos, entre o Rio Maciambu e a Enseada da Pinheira. A trilha, segundo Flavio, era o principal caminho que ligava as grandes tribos, assim como hoje as rodovias ligam as cidades.

Ela passa pelo litoral catarinense até o Rio Itapocu, em Barra Velha, sobe por Jaraguá do Sul, Corupá, passa pelo interior do Paraná, Foz do Iguaçu, Paraguai até chegar às atuais áreas da Bolívia e Peru, antigo território do império Inca, de onde os índios traziam ouro para o Brasil.

O primeiro trecho mapeado por Flavio teria saída ou chegada na Praia de Baixo, onde fica um sítio arqueológico, com caminhada por toda a Praia da Pinheira até acessar uma trilha que leva ao Parque Estadual da Serra do tabuleiro. Depois, a caminhada passa pelo viaduto da BR-101, pelo Maciambu, igreja católica, segue pelo Rio Maciambu até o trapiche, passa por Araçatuba, onde fica a trilha antiga, até chegar à Enseada de Brito. Esse trecho tem 25 quilômetros.

Já o segundo trecho, com mais 25 quilômetros, seguiria pela Enseada de Brito, Praia de Fora, Guarda do Cubatão até chegar à igreja de São Tomé, no bairro Passa Vinte. Segundo Flavio, a escolha da igreja foi porque há uma versão religiosa sobre a trilha, de que São Tomé também passou por ela ao vir para cá catequizar a população.

Peabiruze-se: Cuaracy Ra’Angaba – O céu Tupi Guarani, Xokleng, Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, Era da Pilhagem, Jeguatá: Caderno de Viagem, As mais belas estações, Vale, acionistas e as terras indígenas, O Brasil é terra indígena, Reacts: Portuguesa reage a PORTA DOS FUNDOS (Colonizado)

Hotéis para seus pets em todo o Brasil

Os animais de estimação também fazem parte das famílias, por isso a rede de hotéis Accor e a multinacional americana de ração Mars Petcare fizeram uma parceria para oferecer hospedagens também para pets em mais de 300 hotéis do Brasil inteiro. Thayana AlvarengaMelhores Destinos

O número de pets no Brasil, em 2019, chegou a mais de 141 milhões, entre cães, gatos, aves, peixes, répteis e pequenos mamíferos, segundo o Instituto Pet Brasil. No mesmo período, o mercado pet movimentou mais de R$20 bilhões, de acordo com informações da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

Segundo informações da empresa de dados e client acquisition, Decode, após a quarentena as buscas pelo termo “viajar” cresceram, coincidindo no mesmo período pela procura de hotéis pet friendly, que teve alta de 238%. E com foco nesse público, diversos estabelecimentos no Brasil se adaptaram para receber os bichinhos. Voenews

As propriedades Accor terão identificação em todas as áreas pet friendly e também será feito um treinamento para preparar os funcionários para receber os ilustres visitantes de quatro patas.

Os pets alojados nos hotéis da rede receberão um kit de boas-vindas com caminha, almofada de xixi e tigelas de água e comida, que poderão ser usados durante toda a estadia. Dá também para levar pra casa se quiser, mas uma taxa será cobrada e o preço determinado por cada hotel.

“Os animais de estimação são uma parte fundamental da nossa vida e dos nossos clientes”, afirma Roberta Vernaglia, vice-presidente de Marketing e Estratégia Digital da Accor América do Sul.

A rede hoteleira inclui o Pullman Guarulhos, Mercure Times Square e Adagio Moema, Novotel Itu, ibis Curitiba Santa Felicidade, Novotel Leme, ibis Budget Rio de Janeiro Botafogo, Fairmont, MGallery Santa Teresa e ibis Recife Boa Viagem. Para conhecer todos os mais de 300 hotéis da Accor recebendo pets clique aqui.

Podem ficar nos hotéis Accor cães e gatos com até 15 kg, sendo no máximo um por apartamento. Não são aceitos animais silvestres, mas as exceções devem ser tratadas diretamente com o gerente da unidade escolhida.

Algumas regras básicas devem ser seguidas, como sempre que estiver em uma áerea comum (lobby, corredores e elevadores) manter o pet na guia, colo ou caixas/bolsas de transporte.

Além disso, será exigida uma cópia da carteira de vacinação no momento da reserva, e a original deverá ser apresentada no check-in com o comprovante da vacina anti-rábica aplicada há mais de 30 dias e menos de 1 ano.

Antes de viajar com o mascote, é preciso ficar atento às regras e exigências de cada local. “O viajante deve entrar em contato com o hotel, antes do check in, para maiores informações e orientações. Geralmente, os hotéis costumam aceitar apenas um bichinho de estimação por reserva. O tamanho máximo e o pagamento de taxas extras também devem ser verificados”, comenta Carlos Eduardo Pereira, Diretor Executivo do Clube de Turismo Bancorbrás. Além disso, o animal deve estar com uma boa condição de saúde e com a carteira de vacinação em dia.

Lembrando que o tutor é 100% responsável pelo comportamento, bem-estar e higiene do seu animal de estimação durante todo o tempo em que ele estiver hospedado. Lembre-se que o hotel recebe hóspedes com ou sem pets!

Hoteze-se: Remédio caseiro para controle de pulgas, Delegado cachorro., Clínicas gratuita para seus pets, Comedouro para cães e gatos com garrafas PET, Um dia, um ladrão, Virada Animal, MOTORHOME, Lixo! Eu?

WEG: A Gigante do Brasil

WEG: A Gigante do BrasilElementar

Chamada de fenômeno da bolsa em 2020 e fábrica de bilionários, a WEG é uma empresa que lidera a transformação energética no Brasil e no mundo. Mas como exatamente que a WEG surgiu? E qual a importância dela no cenário mundial atual?

WEG

Conheça nossas soluções com máquinas elétricas, automação e sistemas de energia para a indústria e descubra como os nossos negócios se interligam para melhorar sua empresa. WEG

Empresas do Grupo WEG

WEGze-se: GURGEL MOTORES: O LEGADO, A Incrível História de Elon Musk!, A SURPREENDENTE HISTÓRIA DA DOLLY, Observar e Absorver, IBMEC: 10 cursos gratuitos com certificado, Onde estudar maconha medicinal?!?

Motorista de ônibus de bike!?!

Kwai

De acordo com o Art. 201 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), motoristas de veículos automotores devem respeitar a distância lateral de um metro e cinquenta centímetros (1,5m) ao passar ou ultrapassar um ciclista.

“Art. 220. Deixar de reduzir a velocidade do veículo de forma compatível com a segurança do trânsito:
(…)
XIII – ao ultrapassar ciclista:
Infração – grave;
Penalidade – multa.”

O que o Código de Trânsito diz sobre bicicletas e ciclistas.

Com o objetivo de conscientizar seus motoristas de uma maneira prática sobre os riscos de não respeitar a distância mínima de rodagem em relação aos ciclistas, uma empresa de San Luis, no México, resolveu realizar um treinamento diferente. Jornal do Caminhoneiro

MOTORISTA DE ÔNIBUS X BIKESaint Clair CICLISTA

Motoristas de ônibus em treinamento sentido na pele o que passa o ciclista quando ele passam em velocidade por eles.

Uma das maiores empresas de ônibus do Grande Recife, a Itamaracá, realizou um treinamento prático colocando os motoristas em bicicletas, enquanto os coletivos tiravam “fino” deles (ou “fina”, dependendo do lugar do Brasil onde você está). “A proposta é sensibilizar os condutores da nossa equipe de motoristas para uma boa convivência com os ciclistas”, conta Maria Amélia, diretora da empresa. Vá de Bike

Motoristas de ônibus vivem dia de ciclistas em treinamentoDiário de Pernambuco

Os motoristas de ônibus tiveram a oportunidade de se colocar no lugar dos ciclistas que enfrentam, diariamente, o trânsito da Região Metropolitana do Recife (RMR).

O treinamento foi realizado durante a SIPATMA, Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho e Meio Ambiente, em 2013. A atividade prática foi uma sugestão da Ameciclo – Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife.

Entrevista com motoristaRoberta Soares

Para aproximar motoristas de ônibus e ciclistas a empresa Itamaracá, uma das maiores do Grande Recife, realizou um treinamento prático colocando os motoristas para pedalar, enquanto os coletivos tiravam fino deles.

Entrevista com diretora da Itamaracá

“Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:
(…)
§ 2º Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.”

Motoristas de ônibus no papel de ciclistas3

Buze-se: Toda bike importa, Industria da multa, Capivaras na faixa!?!, Seguro e certeiro?!?, Bike or die!

Gasto do Exército com cerveja seria suficiente para bancar a alimentação de um soldado brasileiro por mais de 10 anos

Após a notícia, que viralizou em janeiro, dos gastos de R$ 15 milhões do governo federal com leite condensado, agora é a vez da picanha e da cerveja compradas pelas Forças Armadas. Natasha Werneck*/Estado de Minas

Levantamento feito por deputados federais do PSB no orçamento federal aponta que os comandos das Forças Armadas adquiriram, por meio de licitação, cerca de 80 mil unidades de cerveja e mais de 700 mil quilos de picanha. Foi constatado ainda o superfaturamento desses produtos em mais de 60%.

O valor estabelecido pela empresa Licita Web Comércio Eireli, vencedora do pregão eletrônico nº 006/2020 do 38º Batalhão de Infantaria para a compra de 3,5 mil garrafas de cerveja das marcas Heineken e Stella Artois, seria suficiente para bancar a alimentação de um soldado brasileiro por mais de 10 anos. Essa comparação com a compra de cerveja mostra o abismo entre as condições de vida de militares de alta e baixa patente no Brasil. Daniel Giovanaz – Brasil de Fato

A compra está descrita em uma representação protocolada por parlamentares do PSB na Procuradoria Geral da República (PGR) no início do mês. Além das cervejas especiais, o documento mostra que 714,7 mil quilos de picanha foram solicitados por militares do Exército e da Marinha em 2020, com sobrepreço de até 60%.

Segundo o levantamento, foram compradas 500 garrafas da cerveja Stella Artois, no valor de R$ 9,05; 3 mil garrafas de Heineken, por R$ 9,80; 3.050 garrafas de Eisenbahn pelo preço unitário de R$ 5,99.

Além disso, os parlamentares apontaram o superfaturamento das bebidas. No documento, eles apontam que a compra de 1.008 latas de Bohemia Puro Malte de 350ml foram adquiridas pelas Forças Armadas pelo preço unitário de R$ 4,33. No entanto, em levantamento feito nos supermercados a mesma cerveja foi encontrada pelo preço de R$ 2,59, constatando um sobrepreço de 67%.

Já as garrafas da mesma bebida de 600ml foram compradas pelo governo federal por R$ 7,29, enquanto na pesquisa de mercado ela podia ser encontrada por R$ 5,79.

Quanto às carnes bovinas, os parlamentares destacaram, especialmente, o alto custo da picanha, comprada por R$ 118,25, o quilo. Os deputados destacaram que “não é possível conceber que agentes públicos possam estar se deleitando com banquetes e bebidas alcoólicas às custas dos cofres públicos”.

Com base nos dados levantados, o grupo apresentou denúncia à Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o governo federal. No documento, os parlamentares afirmam que as compras revelam “o uso de recursos com ostentação e superfaturamento” e a “falta de zelo e responsabilidade com o dinheiro público” por parte das Forças Armadas.

A denúncia é assinada pelos deputados Vilson da Fetaemg (MG), Elias Vaz (GO), Alessandro Molon (RJ), Denis Bezerra (CE), Lídice da Mata (BA), Camilo Capiberibe (AP) e Bira do Pindaré (MA).

“A associação de 700 mil quilogramas de picanha e 80 mil itens de cerveja em compras públicas não parece ser um exemplo de gestão alinhada ao Princípio da Moralidade Pública. As quantidades citadas, entretanto, demonstram a falta de bom senso, ética, respeito e parcimônia na execução orçamentária. Para nós, trata-se de um comportamento ilegal e imoral por parte desses gestores, especialmente em um ano de pandemia e crise econômica”, afirmam os parlamentares.

O Ministério da Defesa e as Forças Armadas reiteram seu compromisso com a transparência e a seriedade com o interesse e a administração dos bens públicos. Eventuais irregularidades são apuradas com rigor.

Destaca-se, ainda, que, ao contrário dos civis, os militares não recebem qualquer auxílio alimentação. Diante disso, as Forças Armadas são responsáveis por prover a alimentação balanceada de 370 mil militares da ativa em 1.600 organizações espalhadas por todo o País. O valor da etapa diária por militar, incluindo as três refeições, é de R$ 9,00.

“Com esses recursos [R$ 9,00 por militar] são adquiridos os gêneros alimentícios necessários para as refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar)”, afirmou o Ministério da Defesa, em nota divulgada no final de janeiro. “O efetivo de militares da ativa é de 370 mil homens e mulheres, que diariamente realizam suas refeições, em 1.600 organizações militares espalhadas por todo o País.”

A soma do preço das cervejas Heineken e Stella no pregão, R$ 33.925, seria suficiente para custear, portanto, as três refeições de um militar por 3.769 dias.

Um dos casos em que essa insatisfação veio à tona foi em 1980, quando o então capitão do Exército e hoje presidente da República, Jair Bolsonaro, planejou explodir bombas em quartéis por melhores salários – o plano foi revelado pela revista Veja. Bolsonaro foi punido com 15 dias de prisão disciplinar e acabou absolvido em 1988, mas o episódio foi decisivo para sua entrada na política.

???ze-se: Quem você serve?!?, Massacre de Nanquim, e/ou O Estupro de Nanquim, Nós contra eles?!?, 8 de Maio de 1945, Reputação ilibada e notável saber jurídico.

Dia do Nordestino

Dia do Nordestino é comemorado anualmente em 8 de outubro, no Brasil. Calendarr

Esta data homenageia a cultura nordestina e a diversidade folclórica típica da região Nordeste do Brasil. O povo nordestino é um grande tesouro da cultura nacional, um dos maiores traços da identidade do Brasil.

O Nordeste brasileiro é conhecido pelas belíssimas paisagens naturais, culinária, artesanatos, musicalidade e danças que atraem turistas do mundo todo.

A criação desta data é uma homenagem ao centenário do poeta popular, compositor e cantor cearense Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como Patativa do Assaré (1909 – 2002).

O Dia do Nordestino foi oficializado com a lei nº 14.952, de 13 de julho de 2009, na cidade de São Paulo, região com a maior concentração de nordestino em todo o país (com exceção do próprio Nordeste, obviamente).

A imagem que tem sido designada ao Nordeste é a de região problema, atrasada e subdesenvolvida. “Essa imagem historicamente atribuída ao nordestino tem relação direta com o papel histórico que essa região desempenha na divisão regional do trabalho dentro do desenvolvimento capitalista”. A professora do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Evelyne Medeiros, sobre o assunto.

Doutora em Serviço Social, a professora estudou a questão social no Nordeste brasileiro. aponta que o Brasil integra as regiões, mas integra de forma desigual. Segundo ela, é a forma que o capitalismo se desenvolve internamente no país, e faz uma analogia quanto a dependência do Brasil em relação a outros países, que internamente, se manifesta com a desigualdade entre as regiões. “A relação de dependência que acontece externamente se reproduz também internamente através dessa divisão regional do trabalho e dessa integração desintegradora das regiões.”  Júlia Vasconcelos – Brasil de Fato – Recife (PE)

Por aqui é assim… é assim, temos um jeito de falar bem diferente, típico da nossa região e nem a internet escapa disso.

Para ela, o papel desempenhado pela região é fundamental para a produção de riqueza, na transferência de matéria prima e recursos naturais, para o Brasil, sobretudo na exportação e reprodução de força de trabalho barata para outras regiões e para a manutenção das elites locais.

“Não fosse assim, não teríamos uma produção incessante de pobreza e desigualdades, ao mesmo tempo em que se alcança patamares nunca vistos de riqueza no país, mas riquezas essas que são cada vez mais acumuladas privadamente por poucas famílias bilionárias. A pandemia, inclusive, escancara isso”, aponta.

Em um dia para se pensar o que significa ser nordestino e o que representa uma data como o Dia do Nordestino, Evelyne diz que o sentimento é contraditório.

“A nossa história não é harmônica, é uma história atravessada por conflitos. Dentro dessa contradição do sentimento de ser nordestina nesse momento histórico, há uma sensação que é a necessidade de rememorar e de tornar vivo o processo de resistência do qual nós fomos e somos protagonistas. É saber que há esse potencial de luta e que isso, uma hora ou outra, deve romper esse limbo que a história está nos colocando”.

Evelyne finaliza dizendo que, embora massacrada e ameaçada, a memória da resistência anda viva.

Nordeze-se: Conheça o trabalho de 19 tatuadores do norte e nordeste que precisam ser divulgados, Energia eólica, 30% do Nordeste, Norte Nordeste Me Veste, Consciência Negra, FAKE X DISCERNIMENTO e CARTA 7 de Platão, 15 RECEITAS COM TAPIOCA: PRÁTICAS E DELICIOSAS