9 criptomoedas para movimentar o mercado em maio

As frequentes altas e baixas no valor das moedas digitais chamam atenção de muita gente, afinal, dia após dia a popularidade desses recursos está crescendo. Olhar digital

Em vídeo recente, o trader e especialista em criptomoedas da Altcoin Daily, Austin Arnold, listou nove criptomoedas que movimentarão o mercado em maio.

A criptomoeda é um recurso completamente digital que não é emitido por nenhum governo no mundo, esses ativos digitais trazem a mesma finalidade do dinheiro físico: servir como meio de troca em transações comerciais, porém, de uma maneira facilitada e sem intermediários.

Bitcoin

Apesar da alta volatilidade do bitcoin, o especialista no mercado financeiro afirmou que a criptomoeda deve continuar atraindo investidores institucionais. Principalmente, após o US Bank anunciar que irá custodiar o ativo, além dos frequentes incentivos feitos por Elon Musk e Jack Dorsey, CEOs da Tesla e Twitter, respectivamente.

Ethereum

Essa é a segunda maior moeda digital por capitalização de mercado. No entanto, Arnold afirma que o ativo que rege a plataforma de contrato inteligente está enfrentando uma crise de oferta, à medida que mais ETH estão sendo bloqueados na ETH 2.0.

Polygon

O Polygon (MATIC), nos últimos sete dias, chegou a registrar um aumento de 100% em seu valor.

Cardano

“Uma coisa é dizer. Outra coisa é ter a intenção de fazer, e outra coisa, ainda, é realmente implementar”, disse Arnold sobre os planos do governo da Etiópia, que fechou recentemente uma parceria para, de fato, implementar a Cardano em escolas e até mesmo na indústria agrícola do país. “Isso a faz bastante promissora”, completou.

Binance Coin (BNB)

A expectativa nesta criptomoeda é grande tendo em vista que a plataforma de negociação Binance deve permitir a negociação de ações da Apple, Microsoft e MicroStrategy, em breve. Além disso, a Binance anunciou que lançará seu próprio mercado de tokens (NFT) em junho.

Chainlink

Arnold afirmou que o Chainlink pode operar em cada blockchain, o que faz da moeda um ativo agnóstico – o que é algo muito positivo e deve fomentar sua valorização.

VeChain

Para o especialista, o VeChain está se transformando no que as pessoas desejam, oferecendo NTFs e jogando com a popularidade de ativos da arte, terrenos e jogos digitalizados exclusivos.

Aave

O especialista aponta que a inciativa da Aave de trazer a agricultura de rendimento para sua plataforma de finanças descentralizadas (DeFi), deve aumentar a popularidade da criptomoeda.

Injective Protocol (INJ)

Para o último lugar da lista o especialista apontou o Injective Protocol (INJ), que é uma versão descentralizada do Robinhood, com apoio do fundo Pantera Capital e da estrela Mark Cuban, dono do time de basquete Dallas Mavericks.

Crtptoze-se: Bitcoins de graça, Bitcoin, Pitaia e o blockchain, Segurança da informação, O que o Google sabe sobre você?, Poupatempo Digital, O dinheiro e suas ordas, Extra, mais roubado!!! Black Friday, Paper Planes, Three Little Pigs

Pitaia e o blockchain

O Pitaia Bank chega ao mercado brasileiro como o primeiro “banco digital” que usa blockchain em suas transações para garantir a integridade e autenticidade dos valores. O blockchain pode trazer agilidade para transações internacionais e mudar a forma como acontecem transações como DOCs e TEDs.

O Pitaia Bank foi criado pelos os empresários Augusto Santos e Simone Abravanel, a tecnologia de livro de registro virtual criptografado é uma tendência inegável. EXAME

Um grupo focado em inovações nas áreas de serviços financeiros para consumidores e empresas, transações financeiras e gerenciamento de ativos através da tecnologia blockchain. Nossa equipe é formada por advisors, investidores de mercado de alta tecnologia, do mercado financeiro tradicional e de ações. Linkedin

O primeiro cripto-banco brasileiro conta com a tecnologia blockchain que introduzida em todo o sistema do banco, prometem tornar as transações mais rápidas e mais seguras que os modelos tradicionais de envio de remessas utilizados por bancos no Brasil.

A tecnologia voltada para pagamentos em criptomoedas, comerciantes em todo o Brasil poderão contar com os serviços do cripto-banco para receber por produtos e serviços em ativos digitais, o projeto poderá agregar clientes que nunca utilizaram criptomoedas até então. Criptozoom

Os serviços do Pitaia Bank são 100% online e oferecem todas as facilidades de um banco tradicional, porém com taxas menores. A fintech já possui aplicativos para Android e iOs, cartão de débito e máquina POS. Criptomoedas Fácil

A fintech brasileira de criptomoedas tem como objetivo tornar o uso de Bitcoin simples e seguro. A empresa oferece Cartão Pré-pago, Empréstimos, Consórcios e Máquinas de POS, além de serviços como Pagamentos de boletos, recarga de celular, transferência entre contas, ATM e gateway para e-commerce.

O cliente tem a opção de fazer investimentos em criptomoedas a qualquer momento e em qualquer lugar e tem como meta aceitar pagamentos de débito em Bitcoin.

Ed://fintechlab.com.br/wp-content/uploads/2018/12/pitaia-696×516.jpg

Um levantamento do Fórum Econômico Mundial estima que 10% do produto interno bruto global estará em blockchain até 2027. Fintechlab

“Estamos utilizando a tecnologia que vai revolucionar a vida de todos nós nos próximos cinco anos. Assim como a internet fez conosco nesses últimos 20 anos, a “blockchain” mudará a maneira de transacionar ativos.” Simone Abravanel in E-Commerce News
De acordo com um relatório da consultoria Accenture, nove entre dez bancos anunciaram que estão explorando o uso de Blockchain em pagamentos e podem usá-lo se os resultados forem promissores. A vantagem da PITAIA BANK é que já está construída no blockchain. Medium.com

Mude conceitos, você pode e deve: VOTO ABERTO, Empoderamento dos recursos, O analfabeto político, Política, sempre ela.;Carnaval é Perfeição!, INSTANTLY AGELESS ™, Sua segurança?, Inside Job;DECLARAÇÃO IRPF 2012,VIDACELL®, Brasileiro Reclama De Quê?,FILHOS DA PROSTITUTA, Não Foi Acidente,UM MAR DE INFORMAÇÕES!!!,RESERVE™

Editado via celular

Bitcoin

Podsemfio N.175 – Bitcoin – A Moeda Na Era Digital (Junho 2016). TuneIn

O último livro recomendado aqui no Clube da Leitura do blog Garota Sem Fio é “Bitcoin – A moeda na era digital”.

bitcoin

Ninguém é dono da rede Bitcoin muito como ninguém possui a tecnologia por trás do e-mail. Bitcoin é controlada por todos os usuários do Bitcoin ao redor do mundo. Bitcoin Project 2009-2016

O dinheiro nasceu como um fenômeno voluntário e privado na busca pela superação das ineficiências do escambo. Adriano Gianturco – in MERCADO FINANCEIRO

O empresário australiano Craig Wright se identificou como criador da moeda virtual Bitcoin. Ele tem usado há algum tempo o pseudônimo Satoshi Nakamoto. Juliana Blume – Hypescience

A crise de 2008 difundiu nas nossas sociedades um enorme ceticismo em relação ao papel das autoridades, governos e bancos centrais. É de facto natural que muitos sonhem com uma moeda que políticos, banqueiros e bancos centrais não possam manipular; uma moeda do povo, pelo povo, para o povo. Yanis Varoufakis

As crianças de hoje estão crescendo com iPads e telefones inteligentes, são inundados com a tecnologia em uma idade adiantada, e estão são confortáveis com ela, para não mencionar que não é difícil de copiar e colar um endereço bitcoin ou digitalizar um código QR, em seguida, aprender as denominações. InsideBitcoins

logo1

Enxergue mais: EMPODERAMENTO DOS RECURSOSLUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMNAARA BEAUTY DRINK!!!CARTASEFAZENDA SOLAR7 livros de ficção científica que todo homem deveria lerBOBINA DE TESLATERRA SEM MALESTRÁFICO DE ÁGUASSUPER TRUNFO11 FOTOS DE GATOS QUE TRADUZEM PERFEITAMENTE SUA RELAÇÃO COM DINHEIRO.