Abelhas nos telhados de Paris

Começou na capital francesa, no início dos anos de 1980, e hoje já faz outras cidades da Europa. Há estudos que indicam que esta é uma cidade alternativa à produção rural, já que as colônias têm grandes taxas de mortalidade. Filomena Naves

Em 1982 a A Ópera de Paris tomou uma decisão de albergar colmeias no topo do seu edifício, com o propósito, e as coisas correram tão bem que a ideia pegou, as colunas multiplicaram nos telhados dos edifícios mais importantes da capital francesa, do Louvre ao Palácio da Bolsa, do Quai d’Orsay ao Hotel Savoy, por exemplo, de outros menos, e até anónimos. Certo é que o miel de Paris é hoje, na sua particularidade de produção em contexto urbano, um produto cobiçado gourmet.
Um Censo de 2017 apontou para a existência de mais de 700 colunas de melíferas nos telhados da capital francesa, e em outras cidades europeias, como Berlim, Bruxelas e Copenhagen.

A causa das tendências das abelhas não se completa, mas, na prática, acompanha um declínio generalizado dos próprios insetos que está bem documentado em países como uma Alemanha ou uma França – em Portugal Atinge os trabalhos de campo para a primeira lista vermelha dos invertebrados. Diário de Notícias

Grâce à la spécificité des fleurs parisiennes, le Miel de Paris a une saveur incomparable à d’autres miels. Au nez, une puissante et persistante senteur de cassis et de griottes macérées. En bouche, une belle rondeur avec une finale vive et fraîche.


Poetize-se: Manual de Apicultura em Pequena Escala, Mãe Abelha, Comida de tubarão, Vegeta, Carta da Terra, Carlos Marighella, Makota Valdina, Pare e pense, Na estrada havia uma pedra, Ervas medicinais, Abelha poliverde, Comida de gente

Rundling: Um vilarejo em Berlim

Grandes cidades – Berlim: Um vilarejo autossustentável (2016)

A ideia do arquiteto Harald Zenke era simples: criar um Rundling, uma forma circular de vila, composta por 20 casas eletricamente autossustentáveis, construídas pelos próprios moradores e utilizando materiais recicláveis e reutilizáveis dentro de Berlim. A energia térmica e os painéis solares são responsáveis por 2/3 da água quente e da eletricidade. A calefação de todas as casas é gerada por um enorme aquecedor que utiliza a queima de gravetos como fonte de calor. Cada um tem seu próprio lugar, mas os moradores da vila se reúnem para cozinhar e celebrar juntos no espaço comunitário da vila, mantendo, ao mesmo tempo, proximidade e distância entre eles. Tv Escola

Editado via celular

Esta estação de metrô parece abandonada?

http://wp.me/p7wDST-bRT

Por fora, esta estação de metrô parece abandonada, mas por dentro vai te surpreender

Estações de metrô pelo mundo, capazes de levar os passageiros até um verdadeiro universo paralelo! Por Viagem e Turismo

O Metrô de Berlim também conhecido como U-Bahn é o sistema de transporte (quase todo) subterrâneo na capital alemã e foi inaugurado em 1902. Atualmente são 173 estações com 10 linhas subterrâneas e seu sistema foi desenvolvido para diminuir o tráfego da cidade que sempre foi intenso. Juliana Brandao

Provérbios alemães: salsichas, cervejas e pôneis

 

Aprender um idioma é uma das melhores maneiras de entender outra cultura.

“Aller Anfang ist schwer.” (Todo começo é difícil)

“Kein Bier vor vier.” (Nada de cerveja antes das 4)

“Alles hat ein Ende, nur die Wurst hat zwei.” (Tudo tem um fim, só a salsicha tem dois). Outras formas de se expressar no idioma alemão com salsichas neste artigo em inglês.

“Der Fisch stinkt vom Kopf her.” (O peixe começa a feder pela cabeça)

“Nicht jede Kuh lässt sich melken.” (Nem toda vaca se deixa ordenhar.)

“Erst kommt das Fressen, dann die Moral.” (Primeiro vem a comida, depois a moral.)

“Ein gutes Gewissen ist ein sanftes Ruhekissen” (Uma consciência limpa é o travesseiro mais macio que existe.)

“Knapp daneben ist auch vorbei.” (Quase ganhar também é perder.)

“Das Leben ist kein Ponyhof.” (A vida não é uma fazenda de pôneis.)

Enxergue mais: COMO NOMEAR OS ANIMAIS EM ALEMÃOCONTRA TODOS OS MALESNAARA BEAUTY DRINK!!!BOAS IDÉIAS QUE TODOS OS PAÍSES DEVERIAM ADOTARTERCEIRA ONDAEMVCOMENDO RECIFEO BRASIL CORRE O RISCO DE PERDER ATÉ 60 DIFERENTES LÍNGUAS INDÍGENASINSTANTLY AGELESS ™MANJERICÃOBRINCANDO DE LÓGICAVIDACELL®CARRO AUTÔNOMO VAI ATROPELAR VOCÊENSAIO SOBRE A CEGUEIRA HÍDRICAPLANETA DOS MACACOSUM MAR DE INFORMAÇÕES!!!RESERVE™OLHOS AZUISOFICINA TETO VERDE E ESTRUTURAS DE BAMBUNADA SE CRIA, TUDO SE COPIA!

Miniusina de energia

Die Solarsiedlung von Westen

???????????????????????????????

O nome UGES é uma abreviação de Unidade Geradora de Energia Sustentável e a criação é fruto do trabalho dos engenheiros Mauro Serra e Jorgea Marangon. A tecnologia é simples e pode ser utilizada em qualquer caixa d’água, independente de seu tamanho. CicloVivo

Materiais usados no projeto: Leandro Fellipe – Mini gerador de energia portátil!

Um pedaço de madeira medindo 16,0 x 6,0 cm;
Um pequeno motor de impressora;
Um parafuso de ¼ de polegada com 6,0 cm com uma porca e duas arruelas;
Um mecanismo de ventilador;
Uma cantoneira para cortina;
Seis parafusos para madeira;
Parte de um freio de bicicleta;
Uma rolha;
Fios;
Conectores boca de jacaré;
Fita isolante;
Ferramentas:

Alicate;
Ferro de solda;
Estanho;
Pasta para soldar;
Chave Philips;
Chave de fenda.

Enxergue mais: Planta autosuficiente, Minhocário., NAARA BEAUTY DRINK!!!Árvores?, Empoderamento dos recursos, EMVInside Job, O de Otário, Outros olhos, INSTANTLY AGELESS ™Energia à moda da casa, Drive Thru, VIDACELL®Licitações, Os cinco princípios de bem viver, A arte de ler., RESERVE™Amor do pai, Deixa o menino brincar!, Ecoinventos, Impostômetro, Problemas sociais, Procon divulga listas de empresasSÉRIE URNA ELETRÔNICA