Análise m(m.n)

análise combinatória é a parte da Matemática que estuda métodos e técnicas que permitem resolver problemas relacionados com contagem.

Muito utilizada nos estudos sobre probabilidade, ela faz análise das possibilidades e das combinações possíveis entre um conjunto de elementos.

Diagrama de possibilidades

Uma lanchonete vende uma promoção de lanche a um preço único. No lanche, estão incluídos um sanduíche, uma bebida e uma sobremesa. São oferecidos três opções de sanduíches: hambúrguer especial, sanduíche vegetariano e cachorro-quente completo. Como opção de bebida pode-se escolher 2 tipos: suco de maçã ou guaraná. Para a sobremesa, existem quatro opções: cupcake de cereja, cupcake de chocolate, cupcake de morango e cupcake de baunilha. Considerando todas as opções oferecidas, de quantas maneiras um cliente pode escolher o seu lanche?

Podemos começar a resolução do problema apresentado, construindo uma árvore de possibilidades, conforme ilustrado acima. Total de possibilidades: 3.2.4 = 24

Aliás, ao contrário do que grande parcela do mundo considera, a Matemática tem como um papel fundamental instigar a mente a pensar e desenvolver diversas áreas do cérebro, aperfeiçoando nossa visão espacial e psicológica do mundo, das pessoas e do meio em que vivemos. João Baldi Jr.

A Análise Combinatória estuda os critérios para a representação da quantidade de possibilidades de um agrupamento sem a necessidade de desenvolvê-los.

O que é Análise Combinatória?

O princípio fundamental da contagem é um postulado que norteia os estudos em análise combinatória. Esse princípio diz que, se um processo possui etapas que não se influenciam entre si (independentes) e que funcionam de forma sucessiva, as chances de cada etapa acontecer devem ser multiplicadas entre si, de forma que, se a primeira etapa possuir possibilidades e a segunda etapa possuir possibilidades yo número total das diferentes formas do processo acontecer será dado pelo produto (x).(y). Mercado Bom Sucesso

O princípio fundamental da contagem, descrito acima, é capaz de resolver a grande maioria dos problemas ou situações relacionadas às análises combinatórias. Em alguns momentos, a resolução por esse método se torna muito trabalhosa, pois consiste na multiplicação de todos os fatores em questão, são três tipos de análise combinatória: Arranjo, combinação e permutação, é usada, na maioria dessas técnicas, uma ferramenta matemática que tem o objetivo de simplificar as expressões. Essa ferramenta é o fatorial.

análise combinatória

A matemática é uma área do conhecimento conhecida por ser bastante exata e com pouco espaço para interpretação. Diante disso, é necessário saber o que fazer, como fazer e quando fazer.

O assunto ganhou notoriedade após a publicação de “Análise Combinatória” por Percy Alexander MacMahon em 1915. Um dos destacados combinatorialista dos últimos tempos foi Gian-Carlo Rota, que ajudou a formalizar o assunto a partir da década de 1960. O engenhoso Gian-Carlo Rota trabalhou principalmente em problemas extremos. O estudo de como contar os objetos é algumas vezes considerado separadamente como um campo da enumeração. pensematemática

Nossa mente funciona melhor se tivermos uma rotina de estudos bem definidas.

(x).(y)+ze: A EVOLUÇÃO DOS ROBÔS.JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?, Redistribuição de rendaJeunesse, Verdade Ou Mentira?Jeunesse, Verdade Ou Mentira?MANUAL PARA A VIDAMotivos para aprender sobre fotografiaParatudo do lar

Por que Pinga?

A cachaça acompanhou a história do Brasil desde o seu início, passando pelo o ciclo do açúcar, pelo crescimento das fronteiras territoriais e chegando até a urbanização do país, são várias as versões existentes sobre a origem da cachaça. Mapa da Cachaça

Do castelhano CACHAZA, vinho que era feito de borra de uva, da aguardente, que era usada para amaciar a carne de porco (CACHAÇO) e da grapa azeda, tomada pelos escravos e chamada por eles de cagaça. O caldo era apenas consumido pelos escravos, para que ficassem mais dóceis ou para curá-los da depressão causada pela saudade de sua terra (banzo). Alambique da Cachaça

pinga

*Momento Manguaça Cultural*

Antigamente no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo.
Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse, porém, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.
O que fazer agora?
A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor.
No dia seguinte encontraram o melado azedo fermentado, misturaram-o com o novo e levaram os dois ao fogo.

Resultado: o ‘azedo’ do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente, era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome ‘PINGA’.
Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de ‘ÁGUA-ARDENTE’
Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que, com a tal goteira, ficavam alegres e com vontade de dançar e sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo. Gabriel Junqueira Cabral, Humberto Kremer e Thiago Trossini

(História contada no Museu do Homem do Nordeste).

“Caros, sinto informar-lhes que esta história nunca foi contada pelo Museu do Homem do Nordeste, em nenhum de seus escritos, exposições ou qualquer documento do Museu. Nós, que fazemos o Museu do Homem do Nordeste, estamos numa verdadeira saga na internet tentando descobrir de onde saiu essa história… do Museu, tenham certeza, não foi”. Vânia Brayner (Coordenadora geral da instituição)

foto_fazenda

A venda e troca do produto representavam uma ameaça para a metrópole, já que ajudava a enriquecer os inimigos da Coroa, como os piratas holandeses que se estabeleceram no Nordeste. Nessa mesma época, Portugal produzia um destilado de uva chamado bagaceira, e o aumento da produção de cachaça fazia com que os colonos se desinteressassem cada vez mais em consumir a bebida portuguesa. Para inibir a produção da cachaça, Portugal estabeleceu um excessivo imposto cobrado dos fabricantes da aguardente, que insatisfeitos com a taxação, se rebelaram contra Portugal, marcando o episódio conhecido como Revolta da Cachaça, em 1660.

largo-do-paco-ano-1830-big-768x418

Salve o 13 de Setembro, o Dia Nacional da Cachaça, origem da data está ligada à Revolta da Cachaça, instituído para honrar a bebida que representa a cultura e a formação brasileiras, o néctar que traduz as heranças das raças que formaram a nossa identidade como nação. O Decreto 4.702 assinado em 2002 pelo presidente FHC, declara ser a Cachaça um destilado de origem nacional. Devotos da Cachaça

Enxergue mais: BEBER MENOSEMVPolítica, sempre ela.NAARA BEAUTY DRINK!!!, Universidades do mundo, VIDACELL®Mousse de vinho, Água mata?A ULTIMA CEIASugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Arroz com feijão, Coletores de sementes

A. A. ou Bêbado Conhecido?!!?

O álcool afeta o cérebro e o sistema nervoso central, sua química, alterando níveis de neurotransmissores, age como um depressor de muitas ações no Sistema Nervoso Central (SNC).

Se você está preocupado com um problema com a bebida, deseja aprender mais sobre Alcoólicos Anônimos ou quer encontrar A. A. perto de você, clique aqui: Junta de Serviços Gerais de A.A. do Brasil

O Álcool estimula diretamente a liberação de outros neurotransmissores como a serotonina e endorfinas que parecem contribuir para os sintomas de bem-estar presentes na intoxicação alcoólica.

A.A. PRÓXIMO DE VOCÊ

Pensem nisso… e… se for dirigir, não beba.

Se for beber, *lembre-se: existe H2O*!

Dependentes do álcool sentem necessidade de beber como as outras pessoas sentem necessidade de comer, fazer sexo, respirar e, uma vez que começam, dificilmente conseguem parar.

😔+🍺=😊

😊+🍺🍺=😄

😄+🍺🍺🍺=😁

😁+🍺🍺🍺🍺=😝

😝+🍺🍺🍺🍺🍺=😖

😖+🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😭

😭+🍺🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😷

A maioria das pessoas pode curtir um copo de vinho no jantar ou uma cerveja com os amigos. Mas, para outras, um copo torna-se dois, dois se tornam quatro e assim sucessivamente. Elas são simplesmente incapazes de parar de beber. Monicavoxblog – A Luz é Invencível

Mude conceitos, você pode e deve: ALZHEIMERBEBER MENOSDIA DO VOLUNTARIADOSUA CARACASAS DE MEDIAÇÃOVIRTUDEINEZITA BARROSOPOR QUE PINGA?PROJETO VIBRAR PARKINSONA MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO

 

Sorvete de cachaça

SORVETE DE CAIPIRINHA
Ingredientes:

½ xícaras (chá) de açúcar;
½ xícaras (chá) de água;
600 g de cobertura de chocolate branco picada;
2 colheres (sopa) de aguardente;
200 ml de suco de limão;
6 gemas;
4 xícaras (chá) de creme de leite fresco.
Modo de preparo:

Ferva o açúcar com a água até obter uma calda grossa;
Bata as gemas e, sem parar de bater, acrescente a calda aos poucos, até formar picos firmes (cerca de 15 minutos);
Junte o chocolate branco, 2 xícaras do creme de leite e suco de limão, e derreta no micro-ondas, em potência média, por cerca de 4 minutos, pare na metade do tempo para mexer;
Acrescente em seguida as gemas batidas e a aguardente;
Bata o restante do creme de leite em ponto de chantilly misture tudo delicadamente;
Coloque em um refratário coberto com papel filme e leve ao freezer até que fique firme, aproximadamente 4 horas.

SORVETE DE VINHO
Ingredientes:

3/4 de xícara (chá) de suco de limão;
2 xícaras (chá) de água;
2/3 de xícara (chá) de açúcar;
3/4 de xícara (chá) de vinho tinto ou do Porto.
Modo de preparo:

Em uma tigela, misture o suco de limão, a água, o açúcar e o vinho até o açúcar se dissolver;
Despeje numa forma, cubra e leve ao freezer até o dia seguinte;
Bata a massa no liquidificador até obter um creme claro;
Volte à forma e cubra com filme plástico.
Deixe no freezer até ficar firme;

SORVETE COM AMARULA E UÍSQUE
Ingredientes:

1 Xícara(s) de Amarula;
5 Colher(es) de sopa de Chocolate em raspa para decorar;
2 Colher(es) de sopa de uísque;
3 Bola(s) de Sorvete de creme;
Modo de preparo:

Leve a Amarula ao fogo por 3 minutos, ou até ferver;
Tire do fogo e leve ao liquidificador junto com o sorvete e o uísque;
Bata por 30 segundos, divida em taças , decore com as raspas do chocolate e sirva em seguida.

SORVETE DE CHAMPAGNE E LICOR
Ingredientes:

2/3 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro peneirado;
2 garrafas de champagne;
4 colheres (sopa) de suco de limão;
Licor de Mandarinetto ou Mandarino;
Folhas de hortelã e tirinhas de laranja para decorar.
Modo de preparo:

Peneire o açúcar de confeiteiro sobre uma forma não muito funda;
Acrescente o champagne e o suco de limão;
Leve ao congelador até ficar firme;
Assim que começar a endurecer nas bordas, retire do congelador e mexa com uma colher para misturar a parte já congelada com a parte ainda líquida;
Leve de novo ao congelador até quase firmar e repita esta operação várias vezes, até a massa apresentar cristais grandes, isto é, começar a solidificar;
Não mexa demais;
Para servir, raspe o sorvete com uma colher;
Coloque em taças previamente geladas;
Regue com o licor Mandarinetto;
Enfeite com as folhinhas de hortelã e as tirinhas de casca de laranja.

Veja também: Por que Pinga?, Vinho, Quase imortal!!!, Chás que Ajudam a Emagrecer, PLANKTON INVASION, Águas de março

A vingança do boquete

Uma moça e o seu namorado vão a um Bar. Quando chegou a vez dela pedir uma rodada, ela diz ao seu namorado que tinha ouvido falar de uma bebida excelente e que ele devia experimentar. A moça pede uma cerveja para ela, e para o namorado pede um copo de Bailey”s (creme de leite com uísque irlandês) e outro com suco de limão. Depois diz ao namorado:

– Beba o Bailey”s e guarde dentro da boca, depois beba o suco de limão e tente ficar com a mistura na boca o maior tempo possível.

O rapaz faz o que a namorada diz:

Primeiro o BAILEY”s, causando uma agradável sensação de calor, de doçura, textura cremosa e uma boa impressão. Em seguida toma o suco de limão.
Depois de 3 segundos, a cara do namorado fica com a cor do suco de limão. O gosto é simplesmente horrível!! O limão talha o creme de leite do Bailey´s.
Depois de 6 segundos: o rapaz hesita entre vomitar ou engolir a bebida. Decide engolir! Puto da vida, ele pergunta como se chama esse raio de drink. Ela diz-lhe ao ouvido – Chama-se:

“A vingança do boquete.”

Veja também: Em progresso, Sexo seguro!, 69 com moral da história., Text Me Something Dirty, UM MEDICO DE BELZONTE, Baleia ou sereia., FHC = THC, Semana do Consumidor