NÃO É CARRO X BICICLETA.

cars-nebraska

Entenda mais: BicimáquinasERA PRA COPA? NÃO VAI SAIR, PARECE.ONDE FUI ROUBADOPLANETÁRIOBICICLETA EMPRESTADA!FREE ENERGYNO LUGAR DA MULTA, UM SORRISO!A HORA DO SUFOCOEX-JOGADORES DO MANCHESTER ABRIGAM SEM-TETO EM FUTURO HOTEL DE LUXO.ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA HÍDRICAAIR PURIFIER BIKERODA TECNOBIKELÓGICABRINCANDO DE LÓGICA

Porquê eu quis?

Pq eu quis
porque-eu-kiss
A conjugação correta do verbo “querer” no pretérito perfeito do indicativo é “quis”, com “s” ! Portanto, o correto é dizer: Eu não quis fazer isso!

Muitos escrevem com “z” por comparação com outros verbos, como fazer (eu fiz) ou dizer (ele diz):

Eu fiz (passado) um presente para você!
Eu quis (passado) comprar um presente para você!

Ele diz (presente) umas coisas…
Ele quis (passado) umas coisas…

Na dúvida, fique sempre atento ao seguinte: nas conjugações do verbo “querer” não existe “z”, há o som, mas não há a consoante. Assim, toda vez que aparecer o som de “zê”, escreve-se “s”: quando eu quiser, tu quiseste, ele quis, se eu quiser, quando ele quiser, etc.

O gerúndio é querendo e o particípio é querido. Já o infinitivo é querer: Nada disso me faz querer ser milionário!

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

bicicletasilêncio

Veja também: Multa não, ciclovia!, Mídia estão de luto, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Sonegômetro, Casas de Mediação, Rorschach, A importância do Doutorado, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Fátima, Primo rico?, Indivíduos perigosos, Instituto Alana, Não Foi Acidente, De Quem é a Culpa?, Bandeirantes Modernos, Hour guitar, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil

CRASSEFICADOS‏

CARROS
Vendo – Chevetão zero bala, 74 jóia, boneca, tetéia. Todo amarelo, com alguns pontinhos cinza (alguns são marcas de bala, mas a maioria é durepox).
Só não sobe ladeiras, mas desce que é uma beleza.
Tratar com Zé Mecânico.
Tel: 5634-3232

BMW 0KM
Apenas 5 mil reais. Direto deL Paraguay. Documentación completa, pero aconsejo trocar la placa. No és preciso nueta fiscal, la garantia soi yo.
Tel: 6346-3443

ACOMPANHANTES
Lucrécia – Sou uma mulher séria, carente, carinhosa e quero me casar. Procuro homem solteiro, rico, com mais de 65 anos e com sérios problemas de saúde.
Tel: 2343-4556 – Bip:1234

ZUCA
Negão sarado, 2,15m.. Tenho algo maior que a barriga e não é o beiço. Venha e descubra porque meu apelido é bomba de gasolina.

CURRICULUNS
Dgito curriculus na ora, mais rapido que todos zotros digitadors,pelospresso mais barato.
Tel: 2234-56788.

DETETIVE
Profissional de ótimo gabarito. Sigilo absoluto, qualquer tarefa. Não me procure, eu o encontrarei.

APARTAMENTO
Vendo apartamento grande, com varandão, salão, quartão, banheirão e cozinhão.
Tratar com Nelson Ned.
Tel: 5432-1098

CELA
Alugo cela de penitenciária com pouquíssimo uso.
Tratar com juiz Nicolau dos Santos Neto.
Tel: (171) 2254-9798/(171) 2254-9798/(171) 2254-9798/(171) 2254-9798 – Ramal 171

EMPREGOS
Empresário com dois pênis procura secretária bilíngüe.

NAMORADA
Precisa-se de namorada com automóvel. As interessadas devem mandar fotografias…. do automóvel.

OFERTAS/TROCAS
Adolescente troca caixas de brinquedos por revistas pornográficas.

CÃO
Procuro cão e sogra perdidos. Recompensa… só pelo cão.

MÁQUINA
Vndo máquina d scrvr faltando uma tcla.

CAMISINHA
Troco caixas de preservativos vagabundos por roupas de bebê.

ÓTIMO NEGÓCIO
Troco sogra por víbora. Pago a diferença.

LÍNGUA
Troco pastor alemão por um que fale português.

PRÓTESES
Troco lindo Pitbull muito bravo por mão ortopédica e perna mecânica.

Veja também: Se sentindo só? Anúncios de solteiros., O de Otário, Incêndio, apenas 4° andar é salvo., 35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista, A importância do cafezinho, A onda, Instituto Alana

FORDISMO??

Revolução em Dagenham (Made in Dagenham). Nigel Cole, Inglaterra, 2010. Roteiro William Ivory.
Título na França: We Want Sex Equality
Elenco: Sally Hawkins, Daniel Mays, Bob Hoskins, Miranda Richardson, Rosamund Pike, Jaime Winstone, Geraldine James, Andrea Riseborough, Andrew Lincoln, Rupert Graves, Richard Schiff, Lorraine Stanley, Nicola Duffett, Matthew Aubrey, Roger Lloyd-Pack, Sian Scott, Robbie Kay, Marcus Hutton e Danny Huston

O filme mostra a vida da operária inglesa Rita O’Grady (Sally Hawkins), mãe de família, que de repente se vê envolvida na luta por direitos trabalhistas e femininos, deixando em segundo plano seu papel de esposa e mãe, relata uma história real, que aconteceu em 1968 e deve um impacto importantíssimo na história das relações trabalhistas e na vida das mulheres da Inglaterra, com influência sobre diversos outros países. 50 Anos de Filmes

“Não são privilégios: são direitos”. (Rita O’Grady)

A operária que assume a militância das 187 mulheres em busca de igualdade salarial com os homens na década de 60, fez a Ford Motor’s de Dagenham (Londres) fechar suas portas por tempo indeterminado. Cine Resenhas, Blog 2001 Vídeo

A ministra do Emprego era Barbara Castle (Miranda Richardson) em 1968, uma das grandes lideranças do Partido Trabalhista, quarta mulher a participar de um gabinete ministerial da Grã-Bretanha. 50 Anos de Filmes

Sandie Shaw interpreta a música título “Made In Dagenham”. A cantora trabalhou na fábrica da Ford em Dagenham muitos anos antes dos fatos acontecidos no filme. By Star Filmes

8marorigem

Revolução em Dagenham – Sara Holmes – Youtube

Observe mais: Makota Valdina, Os cães, 1984!NAARA BEAUTY DRINK!!!Como a indústria do fumo enganou as pessoas?, Suco de limão e Bicarbonato, VIDACELL®Homem e o diabo, Sintomas Câncer de MamaEMVA história de sempre?, Jesus Negão, Robin Hulk, Candelária, A Copa do Pinheirinho,  INSTANTLY AGELESS ™Exame com uma gota de sangueRESERVE™BE MY EYES APPPIB???