TRATAMENTOS PSICOLÓGICOS também INDICADOS PARA O ALCOOLISMO

A maioria dos tratamentos psicológicos indicados para o alcoolismo se baseia no modelo cognitivo-comportamental, no qual esta substância é assumida como um poderoso reforçador capaz de manter a autoadministração do álcool.

O modelo cognitivo-comportamental oferece uma alternativa à abordagem clássica do alcoolismo como doença e, portanto, ao modelo médico.

O objetivo final dos tratamentos psicológicos indicados para o alcoolismo é diminuir a preferência da pessoa pelo álcool. Assim, aumentam a sua preferência por outras atividades que permitam manter um funcionamento adaptativo a longo prazo.

O Treinamento em habilidades sociais ou autocontrole é utilizado em pacientes que não possuem habilidades interpessoais e intrapessoais adequadas ou que não conseguem controlar o seu estado emocional se não for através do álcool.

Os viciados consomem menos álcool se, em uma situação social estressante, dispuserem de uma estratégia de enfrentamento alternativa. O manual de Monti e colaboradores (2002), fornece estratégias sociais tanto para o paciente quanto para sua rede de apoio, sem recorrer ao consumo.

A Abordagem de reforço comunitário orientada o paciente a mudar o estilo de vida relacionado ao consumo da substância, inclui técnicas como a resolução de problemas, terapia comportamental familiar, aconselhamento social e treinamento para a busca de emprego.

Também pode ser usada para a estratégia de beber de forma controlada.

A Terapia Comportamental Marital, consiste em fazer com que o consumo de álcool deixe de ser um reforçador para que a abstinência seja a meta, é necessário o envolvimento em atividades agradáveis, especialmente aquelas que não envolvem beber, juntamente com o companheiro.

O Programa Sisson e Azrin, visa ensinar aos membros não-alcoólatras maneiras de reduzir os abusos físicos, estimular a sobriedade e procurar tratamento.

Na Terapia aversiva, o objetivo é reduzir ou eliminar o desejo do indivíduo pelo álcool, por meio de estímulos ou imagens diferentes usados para que uma resposta condicionada negativa seja alcançada para os sinais relacionados à bebida (cor, cheiro…).

Diferentes estímulos aversivos foram usados, desde o clássico choque elétrico com Kantorovich em 1929 até a aversão química ou por meio da imaginação outro exemplo desse tratamento poderia ser a ‘sensibilização encoberta’ proposta por Cautela em 1970.

A Prevenção de recaídas, o método mais conhecido é o de Marlatt e Gordon, onde o cliente é desafiado a se responsabilizar pela sua mudança de comportamento e, portanto, pela manutenção da referida mudança, uma vez obtida, além de levar em consideração o aumento de suas estratégias de enfrentamento em situações de estresse de alto risco.

Os Tratamentos orientados para beber de forma controlada, são utilizados quando a pessoa não quer alcançar a abstinência completa ou não tem problemas físicos.

O Programa Sobell & Sobell visa garantir que os bebedores problemáticos não se tornem crônicos, numa abordagem de autogestão. O programa de Sobell & Sobell dura quatro semanas e é realizado em nível ambulatorial.

As recomendações incluem não consumir mais de 3 unidades de bebida por dia e não beber mais de 4 dias na semana, com o objetivo de reduzir o nível de tolerância ao álcool, assim como não beber em situações de alto risco, não beber mais de uma unidade de bebida por hora, e atrasar o tempo entre a decisão de beber e beber em 20 minutos.

O treinamento em resolução de problemas e prevenção de recaídas possibilita que a pessoa delimite as situações relacionadas com o consumo de álcool em sua vida e desenvolve estratégias para lidar com elas.

Aprendendo habilidades sociais para dizer não às pessoas que nos incentivam a beber, ou resolvendo com eficiência os problemas que, anteriormente, eram enfrentados com o álcool. É fundamental garantir que os jovens não se tornem bebedores patológicos e aprendam maneiras eficazes de administrar as suas vidas que não envolvam o uso de drogas.

Poetize-se: BEBER MENOS, TRAFICANTES DE POLÍTICAS, Milton Friedman, 15 MIND OPENING LSD QUOTES, #LAS TÉCNICAS #’MINDFULNESS’ AYUDAN AL #ENFERMO MENTAL A SER CONSCIENTE DE SUS #EMOCIONES Y A ESCUCHAR SUS NECESIDADES, naara beauty drink™, ROCKEFELLER, nevo™, FHC LEGALIZE, RELATÓRIO FIGUEIREDO, instantly ageless™, TIMOTHY LEARY, MACONHA NO SENADO, vidacell®, RICARDO LSD BOECHAT DOIDÃO, reserve™, SISTEMA NACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE DROGAS, JÁ NÃO ME SINTO EM CASA NESSE MUNDO