Lua e Marte

O mês de julho guarda uma surpresa para astrônomos e apreciadores do céu noturno, dia 27 e nas primeira horas do dia 28 acontecerá o mais longo eclipse lunar do século. No total, o evento irá durar 3 horas e 55 minutos, sendo 1 hora e 43 minutos com a Lua totalmente encoberta pela sombra da Terra.
De acordo com o site Time and Date, o eclipse poderá ser acompanhado em sua totalidade de grande parte da Oceania, África, Europa e Ásia. O eclipse parcial poderá ser acompanhado do sul da América do Norte e de partes da América do Sul. No Rio de Janeiro a Lua irá surgir no horizonte ainda totalmente encoberto, às 17h28. Às 18h13, o eclipse total se encerra, mas o satélite ainda ficará parcialmente encoberto até às 19h19.
Marte estará no seu ponto mais próximo da Terra desde 2003. No dia 31 de julho, o planeta vermelho estará a “apenas” 57,6 milhões de quilômetros. Quem tem o costume de olhar atentamente para o céu percebeu que já neste mês de junho é possível observar um ponto alaranjado. Trata-se de Marte. ibahia
Veja também: Eu sou o meu Deus., Placa Pioneer, Eustácio Bagge, Livro de Enoque, Batman – O Livro dos mortos, Área Q, Via Láctea pelo navegador, O Livro de Eli, Maldito homem!, Religião mental, O povo da caixa, Sobre quem?, Computer History Museum, Processo licitatório?, Começou o carnaval!

juiz, mas não Deus!

“Ao apregoar que o demandado era ‘juiz, mas não Deus’, a agente de trânsito zombou do cargo por ele ocupado, bem como do que a função representa na sociedade”. José Carlos Paes – UOL

Juiz-Joao-Carlos-de-Souza-Correa-que-dirigia-carro-sem-placa-prestando-depoimento-na-14DP-no-Leblon-Foto-Marcio-AlvesAgencia-O-Globo

A blitz da Lei Seca ocorreu na Rua Bartolomeu Mitre, no Leblon, em fevereiro de 2011. O juiz João Carlos conduzia um Land Rover sem placas e não portava carteira de habilitação. Luciana, na condição de agente de trânsito, informou que o veículo teria de ser apreendido e encaminhado a um pátio. Do G1 Rio

ols_rogerio_santana_3

Fiscal é condenada por ‘zombar’ de juiz. Destak

vaquinha

João Carlos de Souza Correa já havia se envolvido em uma confusão, com um policial rodoviário, em 2009, quando foi parado em Rio Bonito. Além do excesso de velocidade, chamou a atenção dos agentes um giroflex azul (luz de emergência giratória, usada por carros da polícia) no teto. Assim como no caso da agente da Lei Seca, ele também deu voz de prisão ao policial que fez a abordagem.

illusion

Segundo o policial rodoviário Anderson Caldeira, logo que desceu do veículo, o magistrado, aos berros, disse que era juiz de direito:

“Ele relutou muito em se identificar e em nenhum momento parou de gritar e me ameaçar, dizendo que me colocaria na rua, que a minha carreira no serviço publico estava acabada, etc”. Extra

operacao-lei-seca-luciana-silva-tamburini

Veja também: Ignorância e sucesso?, PARE ou DIMINUA?, UM “DEVOGADO” E… DUS BÃO!‏, Coincidence or not, 10 razões para legalizar as drogas, O país da piada pronta!, O crime compensa, Brincando de lógica, CONSCIÊNCIAS NOTÓRIAS: ALBERT EINSTEIN