COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo

COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo. Minhas Plantas

A jardineira Carol Costa vai pegar na sua mão e ensinar como iniciar uma horta em casa. Vem sem medo porque essa é uma série de vídeos perfeita pra quem tá “começando do comecinho” e, talvez, nunca plantou.

No marco zero da sua jornada jardinística. Bora plantar? Horta por semente ou mudas? Uma é ótima pra acompanhar, a outra, é mais rápida pra colher. Como a maioria das plantas de horta são anuais, ou seja, duram no máximo, 1 ano, tudo muito rápido. Mas, algumas espécies, como manjericão ou alecrim, podem entrar na horta já grandinhos. Cultivar sua horta em casa não é um bicho (ou planta) de sete cabeças, você saberá escolher as espécies certas e garantir uma colheita até mesmo em espaços pequenos.

O passo a passo mastigadinho pra que seu primeiro contato com as verdinhas tenha sucesso garantido. Anote aí as dicas da Carol!

1 – Pesquise sobre a planta que pretende cultivar antes de comprá-la – algumas espécies precisam de certos cuidados e outras topam qualquer parada.

2 – Priorize espécies tropicais que gostem do clima da sua cidade – assim, você não apanha tentando cultivar algo que é difícil até pra produtores experientes.

3 – Mapeie quantas horas de sol batem onde você deixará sua horta – verifique onde bate a luz solar no espaço definido pra sua horta. Às vezes, um muro, árvore ou prédio pode deixar uma sombra onde deveria ter sol. O mesmo pra dentro de casa: claridade o dia todo não é o mesmo que sol pleno.

4 – Escolha um vaso com pelo menos um palmo de altura – a maioria das plantas de horta precisam de uns 40 cm de substrato. Então, use um vaso com esse tamanho e com furos pra drenagem.

5 – Adapte a camada de drenagem à profundidade do vaso – regrinha simples: quanto mais fundo o vaso, maior a camada de drenagem.

6 – Separe a argila expandida da terra usando uma manta de drenagem – serve um tecido velho ou até mesmo jornal funciona pra separar as pedrinhas do fundo do substrato.

7 – Use menos adubo do que o recomendado na embalagem – uma dosagem menor não vai prejudicar a planta mas, se você exagera na quantidade, será um problema. Menos é mais.

8 – Quanto mais planta num vaso pequeno, menores elas ficam – sem espaço, a planta se adapta e acaba crescendo menos. Manja o bonsai, aquela árvore cultivada num vaso raso?

9 – Plante no mesmo vaso espécies que serão colhidas em tempos diferentes – otimiza o espaço e você terá mais colheitas, ó que legal!

10 – Colha no tempo certo, não fique “com dó” de comer – você está plantando uma horta, cultivando seu alimento. Se não colher pra consumir, a planta morre e não cumpre seu objetivo.

11 – Faça um ensaio pra saber quantas plantas caberão – planeje pra que todas as espécies tenham espaço no vaso.

12 – Molhe as plantas um ou dois dias antes de mudá-las de vaso – se escolheu replantar as mudinhas, regue um dia antes pra que elas se soltem mais facilmente do vaso.

13 – Solte o torrão de raízes – com jeitinho, solte as raízes da muda com a ponta dos dedos antes de replantá-la.

14 – Reaproveite o substrato das mudas, misture aquela terrinha que sobrou das mudas replantadas em substrato novo.

15 – Ao plantar de sementes, faça um berçário – uma bandeja plástica funciona como uma mini-estufa pra suas sementes se desenvolverem melhor.

16 – Leia as informações da embalagem de sementes – parece óbvio mas, muita gente pula essa etapa. Ali tem informações valiosas!

17 – Semeie 3 pra garantir que ao menos uma dê certo – não arrisque, em cada espacinho do berçário, coloque 3 sementinhas. Cubra com um tico de terra e regue com delicadeza.

18 – Ponha a estufa na claridade e mantenha ela fechada – sem essa de ficar abrindo e fechando, a tendência da estufa é manter a umidade lá dentro. E, não, não faltará ar pras plantas.

19 – Só regue se usar o dedômetro – essa é a regra das regas! Se não conhece a técnica, basta esfregar o substrato com a ponta do indicador. Se o dedo saiu sujo de terra, não precisa regar.

Lista de materiais:

  • vaso;
  • tesoura Limmat 710;
  • argila expandida, substrato e casca de pínus;
  • pulverizador de pressão acumulada da STIHL;
  • tagetes;
  • palhinhas protetoras;
  • Bokashi, o super adubo;
  • manjericão;
  • alface Cerbiatta.

Universidade Minhas Plantas

Meu caos: Palavras Perdidas

3 respostas para “COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: