Brasil produz painel solar orgânico

O Instituto CSEM Brasil está desenvolvendo um painel solar orgânico, que é mais leve e transparente que os modelos tradicionais. Olhar Digital in: Engenharia Hoje

Sabemos que os painéis solares são constituídos de células sensíveis à luz e assim como resultado de uma reação química, os aparelhos do conjunto transformam em energia elétrica utilizável pelos seres humanos. ITSolar

Porém em contrapartida a fabricação dos painéis solares propriamente ditos não são nada amigáveis com o meio ambiente, pois envolve muita queima em sua construção tornando assim nada sustentável. O processo de construção de um painel solar, necessita, geralmente, de muita energia, queima do carvão, liberando VOCs na atmosfera, gerando como subproduto o mercúrio.

Outro fato importante que deve ser considerado é o descarte destes painéis solares, assim como ocorre com os produtos eletrônicos e a falta de planejamento pode trazer consequências indesejadas.

Um dos grandes pontos fortes está justamente por ele ser produzido com materiais orgânicos, sendo uma opção mais sustentável, em comparação aos painéis tradicionais de silício.

A tecnologia está sendo criada há mais de dez anos, no centro de pesquisa aplicada do Instituto, localizado em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O principal objetivo da empresa é ter energia verde em todo lugar, e por isso a tecnologia, quando produzida em maior escala, deverá ser até 30 vezes mais barata que os painéis tradicionais de silício.

As células orgânicas são constituídas por eletrodos impressos em polímeros. O que realmente acontece para que estas pequenas células impressas consigam energia é o seguinte: polímeros orgânicos condutores ou pequenas moléculas orgânicas absorvem a luz solar e transportam a carga energética para o conversor, que transforma a energia térmica em elétrica.

Duas camadas intermediárias são responsáveis pela criação de elétrons, a camada em cima tem como função conduzir cargas positivas enquanto a camada inferior transporta as cargas negativas.

Por fim, a última camada impressa no filme de plástico é a do terminal metálico, responsável por fechar o circuito.

Atualmente, o Painel Fotovoltaico Orgânico está em fase de testes, mas já foram construídas e adaptadas certas máquinas para o processo de impressão.

O painel é constituído de um filme plástico, onde as tintas que são a base de carbono são impressas e podem transformar a luz do Sol em energia elétrica.

Apesar dos 10 anos de desenvolvimento, a produção é “simples”, visto que as prensas similares à de jornais imprimem as cinco camadas de tintas no filme de plástico.

O Painel Fotovoltaico Orgânico é leve, flexível, relativamente transparente e também fácil de ser aplicado, mesmo nas mais diversas superfícies.

Desta maneira, as células fotovoltaicas orgânicas são maleáveis, transparentes, tem baixo custo e possibilidade de reciclarem após o uso, as expectativas de uso já são muitas sobre as células solares, principalmente se forem utilizadas em residências e pequenas indústrias, pois já possuem proveito estético pela fácil adaptação e aplicação em diversos designs, podendo ser instaladas em janelas e paredes.

CSEM Brasil apresenta a SUNEW (energia solar orgânica) from CSEM Brasil on Vimeo.

Solarze-se: Usina Solar no Brazil. Aluga-se!, Painéis solares em Curitiba recebe destaque internacional, Painéis Solares sem céu!, Van movida a energia solar ou com banheiro?!?, Concentrador Solar Luminescente, Ranking dos 10 setores que mais consomem no país

2 respostas para “Brasil produz painel solar orgânico”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: