Cobaias, infração ética e violação

Zenite Gonzaga Mota, de 71 anos, começou a sentir os sintomas da infecção por covid-19 no início de fevereiro. Após uma semana tratando o quadro leve de casa, foi levada pela filha, Alzenira, para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itacoatiara, no Amazonas, a 270 quilômetros da capital Manaus. Dias depois, acabaria virando ‘cobaia’ de um estudo denunciado como ilegal, financiado por uma rede privada para testar a proxalutamida, uma droga experimental estudada para aplicação em pacientes com alguns tipos de câncer, como o de próstata, pois bloqueia a ação de hormônios masculinos. indios_do_brasil

A morte da aposentada em decorrência de complicações da Covid-19, ocorrida no dia 13 de março deste ano, está sendo investigada pela Polícia Civil do Amazonas. A família de Zenite registrou um Boletim de Ocorrência (BO) após a idosa ser tratada com o medicamento proxalutamida sem consentimento da família. REVISTA CENARIUM

A promessa é que iria curar a covid-19 de Zenite. O mais grave: nem ela e nem sua família chegou a saber que faziam parte de um experimento mal sucedido, e que coloca o Brasil no centro do que pode ser um dos maiores escândalos da ciência.⁠

Internada no Hospital Regional José Mendes com infecção no Pulmão, Zenite entrou no hospital andando, e, 30 dias depois, sua família estava lidando com sua morte. A suspeita é que o uso de proxalutamida pode ter acelerado sua morte.

Prontuário de Zenite Gonzaga mostra uso do medicamento proxalutamida. (Arquivo pessoal)

O teste foi patrocinado pelo grupo Samel, uma rede de hospitais e planos de saúde da região. No início desta semana, o experimento que culminou no óbito de ao menos outros 200 pacientes, segundo dados da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), foi descrito pela UNESCO como o que poderia ser um dos “mais graves e sérios episódios de infração ética” e “violação dos direitos humanos” de pacientes na história da América Latina.⁠ Diogo Magri@elpaisbrasil

Zez-se: Antigo biótico, Fortalecer a imunidade é importante: saiba o que comer e o que evitar, Farmácia nunca mais, Farmácia de manipulação, Estudo sobre antidepressivos tem seus dados abertos ao público, A indústria farmacêutica está fora de controle?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: