O que a saúde bucal tem a ver com a sua qualidade de vida

O conceito de qualidade de vida abrange a saúde física, o estado psicológico, o nível de independência, relações sociais em casa, na escola e no trabalho. A sua relação com o meio ambiente também está inserida nessa concepção. Pitacos e Achados

A qualidade de vida está diretamente associada à auto-estima e ao bem-estar pessoal, mas ela compreende todas as camadas. Ou seja, o conceito está relacionado desde o seu estado emocional até a sua satisfação profissional.

O cuidado com a boca traz a manutenção do bem-estar do indivíduo e até uma melhora da autoestima e relações sociais.

Uma boa higienização e visitas periódicas ao dentista podem evitar gengivites e periodontites, que causam grande desconforto. Esse desconforto pode atrapalhar atividades como a fala e a concentração, impactando na qualidade de vida. 

Uma boca mal higienizada ou alguma alteração estética pode causar uma má impressão externa. Dores e desconfortos na região bucal podem prejudicar a fala e a comunicação com as outras pessoas.

A perda dos dentes, por exemplo, pode ter sérias consequências para a autoestima das pessoas, em qualquer idade. Ao sorrir, o indivíduo pode ficar desconfortável, talvez ouvir piadas dos amigos, e a sua auto estima fica bem abalada. 

Outra alteração causada pela falta de cuidado com a saúde bucal pode ser o mau hálito. Ela é uma condição que aparece devido à uma higienização precária da boca ou por doenças nesta região.

Mesmo no período dos dentes de leite, é importante que a família se atente para a saúde bucal da criança. Uma higienização frequente impede a proliferação da bactéria causadora da cárie. 

A cárie pode causar problemas mais sérios depois do nascimento dos dentes permanentes da criança. É importante falar também que, em alguns casos, a correção ortodôntica dos dentes pode ser feita mais rápido e fácil na infância.

O cuidado com a saúde da boca é importante na terceira idade. Isso porque, nessa fase, é comum o enfraquecimento natural de diversas partes do corpo, o que inclui também os dentes. A partir da devida atenção com a saúde bucal, é possível aumentar muito a qualidade de vida do idoso.

Dessa maneira, não cuidar da saúde bucal pode trazer consequências graves para a autoestima do idoso. Quem tem doenças, como diabetes, precisa de cuidados mais intensos, principalmente na prevenção de gengivites e periodontites. 

O adulto deve ir regularmente ao dentista e manter a higiene bucal em casa. Cuidar da sua boca influencia no modo como você se enxerga, por isso, ao cuidar dela, é possível elevar a sua autoestima. Uma boa pedida, pode ser ter um plano dentário, que aí essa ida ao dentista fica mais fácil!

Lembre-se de ir periodicamente ao dentista e manter a sua saúde bucal em dia! Maria Gabriela Ortiz

Denteze-se: Rir até cair os dentes, 69 com moral da história., 10 sinais de que seu corpo está com falta de vitamina D + Bônus, Abacaxi (Ananas comosus), Vem, quebra meus dentes., População excedente, reprodução social, e o problema da formação de classe, DENTE DE LEÃO, Joaquim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s