Qualidade do ar e Plantas com luminescência

O desejo de criar plantas que emitem luz própria existe há alguns anos: em 2016 a empresa Bioglow criou plantas Nicotiana tabacum com enzimas de bactérias luminescentes, enquanto em 2017 engenheiros do Instituto de Tecnologia de Massachusetts conectaram nanopartículas em folhas de agrião para induzir a planta a liberar luz fraca por quatro horas. Vivimetaliun

A pesquisa recém-publicada por 27 pesquisadores da empresa russa Planta em parceria com o a Academia Russa de Ciências, Instituto MRC de Ciências Médicas de Londres e o Instituto de Ciência e Tecnologia da Áustria representa um grande avanço ao produzir uma planta que brilha 24h por dia durante sua vida inteira.

A equipe da empresa Planta trabalhou com duas espécies de plantas de tabaco, e usou o DNA de fungos bioluminescentes. Eles utilizaram o ciclo do ácido cafeico (C9H8O4), que é transformado por quatro enzimas do fungo em luciferina, um composto orgânico que produz luz.

Essa mesma equipe de pesquisadores da Planta também está modificando geneticamente plantas com flores como petúnias e roseiras para produzir cores e brilhos diferentes. Eles também acreditam que seria possível produzir o mesmo processo em animais.

Uma ajuda importante no combate a essa intoxicação diária, porém, pode vir de um elemento natural, decorativo e que ainda eleva o espírito de um ambiente e de quem o frequenta. Um estudo levantado ao longo de 15 anos pela NASA comprovou que uma série de plantas possui capacidade de filtrar nosso ar, diminuindo nossa absorvição de gases tóxicos e purificando ambientes fechados. Vivimetaliun

Separamos algumas das plantas selecionadas pela agência espacial americana para quem quiser limpar um pouco os ares de um ambiente e ainda redecorar e trazer um pouco mais de vida para nossos lares.

1. Espada de São Jorge

FLOR_ESPADA

Além de purificarem o ar e produzirem bastante oxigênio durante a noite, as Espadas de São Jorge são consideradas plantas de proteção – ritualisticamente sendo colocadas na entrada das casas. Espécie de planta sagrada para as religiões de matizes africanas, é também conhecida como Espada de Ogum ou Espada de Oxóssi, e limpa o ar contra poluentes como benzeno, metanal (formol), tricloroetileno, xileno e tolueno.

2. Ficus

FLOR_FICUS

O Ficus é especialmente eficiente para filtrar o formaldeído, presente em fumaça de cigarro, espuma, madeiras compensadas, colas adesivas e sacos de supermercado. Prefere luz indireta e é indicado para salas de estar e escritórios – mas precisa de espaço, pois é uma planta que pode crescer por metros e metros!

3. Gérbera

FLOR_GÉRBERA

De flores belas e coloridas, além de alegrar e colorir o ambiente a planta filtra especilamente tóxicos como Tricloroetileno, xilneno e formaldeído. A gerbera precisa de bastante luz e solo levemente umido, mas pode ser utilizada em qualquer ambiente – principalmente em quartos, pois há quem diga que suas flores ajudam a combater a insônia.

4. Jibóia

FLOR_JIBÓIA

Excelente filtro de formaldeído, a Jibóia não precisa de muita luz, o que pode indica-la para ambientes mais fechados, como garagens. É uma planta que absorve e filtra o benzeno, presente em diversos produtos de limpeza – combatendo assim alergias provenientes da utilização desses produtos.

5. Samabaia

FLOR_SAMAMBAIA

Por ficar pendurada, a Samabaia é uma ótima opção para ambientes pequenos. Espécie de planta de época, muito popular nos anos 1970 e 1980, a Samambaia não precisa de muita luz nem de muita rega, principalmente no inverno. Filtra poluentes como Benzeno, formaldeído e xileno.

6. Hera inglesa

FLOR_HERA

A Hera inglesa é uma trepadeira, que pode ser pendurada em um suporte, posta sobre a base de uma árvore ou como revestimento. Apreciadora da umidade e de um tanto de frio, a Hera não suporta o solo encharcado. Essa planta funciona como filtro para Benzeno, xileno e formaldeído, além de ser uma decoração versátil e clássica, que ajuda a umedecer qualquer ambiente.

7. Tamareira Anã

FLOR_TAMAREIRA

Planta de crescimento lento, a Tamareira Anã, apesar do nome, ironicamente pode chegar a 4 metros de altura. Bastante adaptável a tipos de solo diferentes e resistente ao frio, é especialmente absorvente da fumaça dos carros.

8. Crisantemo

FLOR_CRISANTEMOS

De origem asiática e uma das plantas mais nobres da China, o Crisântemo era exclusividade da realeza, e sua flor foi utilizada como distintivo oficial do exército. Não suporta sol direto, mas precisa de muita luz para sua saúde – e, para nossa saúde, filtra o o benzeno, o tricloroetileno, xileno, amônia e formaldeído.

9. Dracena

FLOR_DRACENA

Também considerada sagrada em culturas de origem africana, a Dracena não precisa de muita água, mas sim de luz. Porém, deve-se evita-la quem possui animais de estimação, pois alguns tipos de Dracena podem ser venenosos se ingeridos.

10. Antúrio

FLOR_ANTÚRIO

O antúrio é ideal para cozinha e principalmente para banheiros, por ser uma das plantas mais indicadas para filtrar amônia. Precisa de bastante luz, porém indireta, e funciona também como filtro para os tóxicos liberados pelos produtos de limpeza. Além da cor exuberante, sua flor ainda traz charmosas folhas em formato de coração.

Aruze-se: E fez-se a luz, Casa sustentável tem conta de luz de R$ 7,50 por ano, AUDIOTECA SAL E LUZ, E fez-se a luz, Andaluz, O Mundo Vegetal e as constelações, Planeta Terra é um ser vivo !, Ecovila para idosos, Timeout

Uma resposta para “Qualidade do ar e Plantas com luminescência”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s