CASES SEBRAE: BANCO PÉROLA, HERSELF E SUMÁ

Banco Pérola é uma instituição de crédito produtivo preocupada com o sucesso de micro e pequenos empreendedores de Sorocaba e região, “porque é assim que a gente cresce: se o seu negócio vai bem, nossa inadimplência fica baixa e conseguimos atender mais clientes”, para conseguir um empréstimo, o candidato precisa se enquadrar em alguns critérios, até como uma forma de proteger o empreendedor de endividamento e o Banco Pérola de possíveis fraudes.

O Crédito produtivo orientado é uma modalidade destinada exclusivamente para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividade produtiva, ou seja, para o empreendedor investir no seu negócio. Além de conceder o recurso, o Banco Pérola orienta o tomador do empréstimo para que faça as melhores escolhas em relação a taxa, prazo e aplicação do dinheiro.

O Banco Pérola foi fundado em outubro de 2009 e seu grande diferencial é oferecer crédito para empreendedores que dificilmente seriam atendidos pelo sistema bancário tradicional, com taxas justas e atendimento humanizado.A história da fundadora da organização, Alessandra França, se cruza com a do próprio Banco Pérola. A paranaense, filha de um caminhoneiro e uma costureira, aos 15 anos fez um curso de informática na ONG Projeto Pérola, em Sorocaba, interior do estado de São Paulo. Por lá, se destacou, ganhou uma bolsa para entrar em uma escola particular e aos 19 anos já era Coordenadora Geral do Projeto Pérola, e cita duas fontes de inspiração: o livro “Banqueiro dos Pobres”, de Muhammad Yunus, e a sua própria experiência de liderança na organização não governamental. 

As calcinhas e biquínis menstruais Herself são confortáveis, respiráveis, higiênicas, laváveis, reutilizáveis e parecidas com todas as calcinhas e biquínis que você tem, exceto por um detalhe: elas absorvem sua menstruação e são uma solução sustentável, possuem tecido de toque seco, ultra absorvente e antimicrobiano.

“Desde a década de 30 não víamos uma real inovação nos protetores menstruais – que se preocupassem tanto com o bem-estar das mulheres, quanto do planeta, e através de um financiamento coletivo para criar, em conjunto, algo pensado no bem-estar e autoestima das mulheres, desenvolvemos juntas as primeiras calcinhas menstruais 100% nacionais e o primeiro biquíni e maiô menstrual do Brasil, como um projeto de capacitação para empreendedores que queriam movimentar a economia local com soluções sustentáveis.”

A prioridade foi o desenvolvimento conjunto com a tecnologia, fornecedores e costureiras da região, a fim de que tenhamos o maior controle possível dos nossos processos e o menor impacto ambiental com a cadeia logística, em um ecossistema que fomenta a troca de conhecimento dentre nossos parceiros, como a Justa Trama (cooperativa só de mulheres que fazem os nossos saquinhos de algodão 100% orgânico) e a Ecosouvenir (que faz as nossas necessaires impermeáveis a partir do upcycling de banners reutilizados e tecidos da Herself). As nossas peças têm a garantia de uma produção limpa e consciente, com a mão de obra valorizada e desenvolvimento local.

Sumá é o nome da deusa tupi-guarani da agricultura e faz referência a um tempo em que plantar e comer ficavam perto como nesta frase, em que a comida era algo que vinha da terra, não da prateleira e que as embalagens eram cascas, não plástico ou papel.

O Brasil é um país desigual e a cadeia de distribuição de alimentos contribui para isso. O Sumá propõe uma mudança no sistema ao aproximar quem planta de quem consome alimentos e dessa forma nutrir o sonho de um país unido.

O Sumá atua na capacitação do agricultor familiar, apoiando o seu desenvolvimento e o alinhando às exigências dos compradores regulares de alimentos, assim como contribui com informações reais do campo para que o comprador elabore seus cardápios de acordo com os planos de produção locais, e em sintonia com a sazonalidade dos produtos.
A Plataforma Sumá proporciona aos agricultores familiares a possibilidade de abrir lojas na internet, facilitando o acesso de restaurantes, hotéis e refeitórios, compradores regulares de alimentos. A plataforma é dedicada ao comércio justo, ou seja, os produtores são valorizados e os clientes têm acesso a alimentos com história. Dessa forma, por reduzir os elos da cadeia tradicional, os agricultores são melhor remunerados e os compradores recebem produtos mais frescos, saudáveis e rastreados. NITA

Sebrae significa “Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas”, ou seja, tem o objetivo fomentar o empreendedorismo no Brasil auxiliando as pequenas empresas e Micro empreendedores individuais, é uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequenas empresas – aqueles com faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões –  atuando com foco no fortalecimento do empreendedorismo e na aceleração do processo de formalização da economia por meio de parcerias com os setores público e privado, programas de capacitação, acesso ao crédito e à inovação, estímulo ao associativismo, feiras e rodadas de negócios.

Para saber mais: Entre no Portal Sebrae ou ligue gratuitamente para a Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800.

Caze-seLES AVANCHETSSTREET PRESIDENTSEBRAE, DICAS E CURSOSFEIRA DE ARTESANATO 2016EMPREGO APOIADOBRASIL TERMINA PARAPAN EM 1º LUGAR, A MELHOR CAMPANHA DA HISTÓRIAMARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL (MROSC)JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA? (Participe da nossa família)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s