Biblioteca de objetos Leila Berlin

Na Alemanha existe um lugar chamado Leila Berlin: um espaço de doações e empréstimos de “coisas”. Funciona de uma forma muito simples: os objetos são divididos em três salas. Na primeira foram colocadas roupas e afins. Neste ambiente a pessoa pode levar qualquer coisa, assim como pode deixar o que não utiliza mais. 

As ferramentas, barracas de camping e coisas que se utilizam poucas vezes foram divididas nas outras duas salas. Para usá-los as pessoas precisam solicitar o empréstimo e pagar uma taxa de garantia, que é restituída quando o objeto é devolvido.

O nome é um trocadilho com  leihen (emprestar) + laden (loja) e o local é todo tocado por voluntários, que passam algumas tardes lá batendo papo e recebendo as “visitas”. Márcio Diniz – Catraca Livre

Nikolai fundou * Leila.

Essa organização nasceu porque as pessoas costumam deixar o que não querem mais em caixas na calçada escritas com a palavra “Geschenk“, que quer dizer “presente”. Eu mesma tenho uma bota maravilhosa que achei na rua; vi a linda, gostei e era o meu número, olha que sorte. Saí feliz da vida! Só que quando chove ou neva, as coisas acabam se estragando (principalmente roupas e livros). O que a Leila Berlin faz é oferecer um lugar para essas coisas de maneira que elas continuem disponíveis, porém, protegidas.

ze-se: OFICINA TETO VERDE e ESTRUTURAS DE BAMBU, Itaipu E-400: o primeiro carro elétrico brasileiro, Carro elétrico, R$ 100 por mês!?!, Consumo colaborativo e sustentabilidade, Consumo colaborativo, Chase Neyland-Square, Sangue dourado ou rh nulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: