A língua falada por 27 vezes mais gente do que o país que a inventou

“A língua portuguesa é falada por mais de 260 milhões de pessoas, que são as populações da CPLP, e a elas juntaria a nossa diáspora, que tem cinco milhões, mais todos os que estão pelo mundo fora a aprender português. Diria, sem ser muito arriscado, que deve andar por volta dos 270 milhões”, afirmou, em entrevista ao DN, o embaixador Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões. Esther Copacabana Pereira da Silva

A presidente croata Kolinda Grabar-Kitarovic fez um discurso em português no Palácio da Ajuda, num jantar oferecido por Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de um país que pode ter só dez milhões de habitantes, mas cuja língua é falada por 270 milhões de pessoas no mundo, a esmagadora maioria como língua materna, alguns milhões porque a estudaram, como a croata. É a sexta língua mais falada no planeta e consegue ser a mais usada no hemisfério sul, graças ao Brasil (210 milhões) mas também a Angola e Moçambique.

E apesar de estar atrás do mandarim (mil milhões) ou do hindi em termos de falantes, o português surge em terceiro lugar entre os idiomas internacionais, pois é usado por países da Europa, da América, de África, até da Ásia – Timor adotou-a como oficial e há casos especiais.

É por causa da comunidade de brasileiros de origem japonesa que Nagoya usa o português, mas foram as Descobertas dos séculos XV e XVI que primeiro levaram a língua ao país do Sol Nascente, restando lá alguns vestígios daquela que chegou a ser língua franca, tal como acontece na Indonésia. “São várias as palavras que usamos no dia-a-dia no Japão, como koppu (copo), botan (botão), pan (pão), konpeitou (confeito), diz Yuka Iwanami, da secção cultural da embaixada.

Falando da Ásia, em Goa, onde nas gerações mais velhas ainda há falantes de português, o esforço hoje é atrair os mais novos para a aprendizagem de uma língua que até à anexação pela Índia em 1961 foi a das elites. Já em Macau, onde o português é língua co-oficial segundo os termos do acordo luso-chinês que levou ao fim da administração portuguesa, o idioma tem ganho relevo pelo interesse da China no mundo lusófono.

As estatísticas sobre línguas são falíveis, pois a demografia galopante de alguns países pode mudar os números, e por outro lado há países em que um idioma pode ser oficial mas o seu nível de domínio discutível. Mesmo assim tanto os sites Ethnologue como Babbel põem em sexto lugar a língua de Camões, Eça, Pessoa, Machado de Assis, Jorge Amado, Germano Almeida, Pepetela ou Mia Couto. Leonídio Paulo Ferreira – Diário de Notícias

Portugueze-se: O Brasil corre o risco de perder até 60 diferentes línguas indígenas, Algo Parecido, Robôs do Face criam língua própria – mas calma, não é a revolução das máquinas, LITERATURA INDÍGENA: POR ONDE COMEÇAR?, O TEATRO BARROCO DE O ALEIJADINHO, Sign-IO e Roy Allela, ALFALUVA e a Unipampa, O Último Cine Drive-in, Provérbios alemães: salsichas, cervejas e pôneis, Falando sobre YouTube – Libras

2 respostas para “A língua falada por 27 vezes mais gente do que o país que a inventou”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: