Nissan Leaf

O Nissan Leaf é um carro principalmente urbano, mas chega à máxima de 144 km/h e também encara eventualmente uma estrada. Pode ter centro de gravidade baixo por causa das baterias sob o assoalho, mas é macio (confortável na cidade) e tem tração dianteira, então não abuse nas curvas. O chassi não parece bem dimensionado para tanto torque e o modo como é entregue. Na estrada a 100 km/h, não fez muito mais que 6,5 km/kWh. Motorshow

Em tomada comum são 20 a 40 horas, com o carregador de parede (wall box, 32A), 6 a 8 horas, autonomia de até 240 km/dia.

O Nissan Leaf é ágil, mesmo sendo um elétrico com “só” 149 cv – mas torque de 32,6 kgfm entregue imediatamente, como em todo elétrico. Suficiente para 0-100 km/h em 7s9, e retomadas e acelerações empolgantes. Há força de sobra: mesmo a 50 km/h, se você pisar fundo ele destraciona as rodas dianteiras.


“O proprietário de um Nissan Leaf nunca mais vai pisar em um posto de gasolina na vida”, comentou Humberto Gómez, diretor de marketing da Nissan Brasil. “O que estamos fazendo não é apenas o lançamento de um carro, mas sim de um movimento social, com vista em beneficiar o meio ambiente e a vida das pessoas”, complementou. Canaltech

Além do anúncio, a empresa destacou todas as funções que o carro trará, como o sistema de proteção Nissan Inteligent Safety Shield, que impede colisões e atropelamentos, o ePedal, que faz com que o condutor utilize apenas um pedal para acelerar e frear o carro e muitas outras funcionalidades, como sistema de infotenimento completo e a assistência 24 horas exclusiva para os clientes do Leaf.

Como era de se esperar em um carro desse nível (e preço), o Leaf agrega o que há de mais moderno em sistema multimídia. Com sua central A-IVI, de 8 polegadas, o equipamento permite o uso de aplicativos como Waze, Spotify, Deezer, Google Maps, WhatsApp, Car Play e Android Auto, além de muitos outros. Já o sistema Over The Air permite a atualização do software da central utilizando apenas uma rede de Wi-Fi, sem necessidade de ir ao concessionário para a troca do cartão SD.

O veículo também é o único do seu segmento com a tecnologia Vehicle-to-Grid (V2G), que permite carregamento bidirecional. Na prática, ela transforma o carro em uma bateria sobre rodas, pois permite que o carro seja carregado e devolva energia à rede ou a uma casa, se necessário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s