BeloriSUStina!?!

“Parabéns aos servidores da saúde pública de Belo Horizonte e Minas Gerais que conseguiram estabelecer o nexo causal entre a “misteriosa doença” que atingiu inicialmente um bairro de classe média alta de BH e a contaminação de um lote da cerveja “Parabéns aos servidores da saúde pública de Belo Horizonte e Minas Gerais que conseguiram estabelecer o nexo causal entre a “misteriosa doença” que atingiu inicialmente um bairro de classe média alta de BH e a contaminação de um lote da cerveja Belorizontina. A mais vendida do selo que a produz.Estes servidores praticaram a investigação epidemiológica desenvolvido a partir dos princípios testados pelo médico John Snow (Londres, 1858), o pai da epidemiologia moderna.A partir da ação de Vigilância em Saúde conseguiram barrar a progressão da tal doença e cobrar as medidas necessárias à reparação social.Sabe quem são eles? Servidores Públicos do SUS, com a devida estabilidade de emprego e que agiram para a proteção de toda a sociedade.
Você que defende o fim do SUS ou o fim da estabilidade do servidor ou pior, a substituição de toda mão de obra laboral pública estatal pela privada, pense e responda para si mesmo:1- você mora num bairro classe média alta? Acha que não usa o SUS, porque ele é só para os pobres? Toma cerveja? Então poderia ser você um dos contaminados que ficaram doentes, certo?2- sem o SUS, a iniciativa privada iria fazer uma investigação dessas? Onde está o interesse econômico? Nas pessoas saudáveis ou doentes chegando aos hospitais e consultórios ?3- supondo que uma equipe de trabalhadores da iniciativa privada, não estáveis, pagos para fazerem a Vigilância Epidemiológica e Sanitária o fizessem e descobrissem que a cerveja mais vendida é a culpada da nova doença. Diante dos interesses econômicos e políticos que estrutura nossa sociedade, o que aconteceria com a investigação? O que aconteceria com esses trabalhadores sem estabilidade?Agora…
4- Entendeu a importância do SUS?
5- Entendeu a importância da autonomia e estabilidade de emprego do servidor público?
5- Entendeu o quanto você ficará vulnerável se isso acabar?DEFENDA O SUS!
Ele é uma das maiores conquistas da sociedade Brasileira.”
=> Não sei quem é o autor. Se souber, inclua no corpo do texto, para os devidos créditos.. A mais vendida do selo que a produz.Estes servidores praticaram a investigação epidemiológica desenvolvido a partir dos princípios testados pelo médico John Snow (Londres, 1858), o pai da epidemiologia moderna.A partir da ação de Vigilância em Saúde conseguiram barrar a progressão da tal doença e cobrar as medidas necessárias à reparação social.Sabe quem são eles? Servidores Públicos do SUS, com a devida estabilidade de emprego e que agiram para a proteção de toda a sociedade.
Você que defende o fim do SUS ou o fim da estabilidade do servidor ou pior, a substituição de toda mão de obra laboral pública estatal pela privada, pense e responda para si mesmo:1- você mora num bairro classe média alta? Acha que não usa o SUS, porque ele é só para os pobres? Toma cerveja? Então poderia ser você um dos contaminados que ficaram doentes, certo?2- sem o SUS, a iniciativa privada iria fazer uma investigação dessas? Onde está o interesse econômico? Nas pessoas saudáveis ou doentes chegando aos hospitais e consultórios ?3- supondo que uma equipe de trabalhadores da iniciativa privada, não estáveis, pagos para fazerem a Vigilância Epidemiológica e Sanitária o fizessem e descobrissem que a cerveja mais vendida é a culpada da nova doença. Diante dos interesses econômicos e políticos que estrutura nossa sociedade, o que aconteceria com a investigação? O que aconteceria com esses trabalhadores sem estabilidade?Agora…
4- Entendeu a importância do SUS?
5- Entendeu a importância da autonomia e estabilidade de emprego do servidor público?
5- Entendeu o quanto você ficará vulnerável se isso acabar?DEFENDA O SUS!
Ele é uma das maiores conquistas da sociedade Brasileira.”
=> Não sei quem é o autor. Se souber, inclua no corpo do texto, para os devidos créditos.
Uma cerveja criada especialmente para homenagear os 120 anos da capital mineira. Brilhante e de coloração amarelo claro leva Dry Hopping de lúpulos franceses que conferem sutil aroma floral e cítrico. Leve e refrescante possui baixo amargor e excelente drinkability.


A Backer mantém o foco nos pacientes e em seus familiares. A empresa prestará o suporte necessário, mesmo antes de qualquer conclusão sobre o episódio. Desde já se coloca à disposição para o que eles precisarem.
“O que preciso agora é que não bebam a Belorizontina, qualquer que sejam os lotes, por favor. Quero que meu cliente seja protegido. Não beba Belorizontina. Não sei o que está acontecendo”, orientou a diretora de marketing da Backer Ana Paula Lebbos. Estado de Minas
A fábrica utiliza o monotilenoglicol para a refrigeração dos 70 tanques para produção de cerveja. Segundo ela, a Polícia Civil lacrou o tanque 10 e analisa também o reservatório de monoetilenoglicol. “O monoetilenoglicol é um líquido congelante usado para refrigerar e ajudar no processo de maturação da cerveja”, disse. Ela reafirmou que a Backer nunca comprou o dietilenoglicol. No entanto reconheceu que o tanque 10 está contaminado com o DEG.
Nas cervejas da marca Belorizontina, que é da cervejaria Backer, foram encontradas dietilenoglicol – substância anticongelante, de uso muito comum na indústria e altamente tóxica para ser humano. 11 pessoas que consumiram a bebida tiveram os sintomas de uma doença que ainda é desconhecida. Dessas, uma morreu e as outras estão internadas. GABRIEL MORAES – O Tempo
Segundo a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais foi identificada a substância “dietilenoglicol” em amostras de cerveja pilsen, marca Belorizontina, lotes L1 1348 e L2 1348.

A Backer informa que continua colaborando com as autoridades, que tem todo interesse em esclarecer os fatos e reitera que a substância dietilenoglicol não faz parte de nenhuma etapa do processo de fabricação de seus produtos. Para o bem-estar e conforto de seus clientes, comunica que irá recolher, caso seja de interesse do consumidor, outros lotes da cerveja Belorizontina, mesmo que não sejam os lotes L1-1348 e L2-1348, a partir de segunda-feira, 13 de janeiro. Neste caso, o cliente, de porte do cupom fiscal da compra, deve procurar o estabelecimento comercial onde adquiriu o produto e fazer a devolução. O cliente será ressarcido no momento da devolução.

SUSze-se: BEBER MENOS, A. A. ou Bêbado Conhecido?!!?, Sorvete de cachaça, A vingança do boquete, Tabaco e álcool sim, Maconha não. Por que?!?, TRATAMENTOS PSICOLÓGICOS também INDICADOS PARA O ALCOOLISMO, Mais pessoas estão usando maconha como um substituto ao álcool e remédios, diz estudo, Refrigerante, cerveja e a glicose, 70 anos atras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s