Abelhas nos telhados de Paris

Começou na capital francesa, no início dos anos de 1980, e hoje já faz outras cidades da Europa. Há estudos que indicam que esta é uma cidade alternativa à produção rural, já que as colônias têm grandes taxas de mortalidade. Filomena Naves

Em 1982 a A Ópera de Paris tomou uma decisão de albergar colmeias no topo do seu edifício, com o propósito, e as coisas correram tão bem que a ideia pegou, as colunas multiplicaram nos telhados dos edifícios mais importantes da capital francesa, do Louvre ao Palácio da Bolsa, do Quai d’Orsay ao Hotel Savoy, por exemplo, de outros menos, e até anónimos. Certo é que o miel de Paris é hoje, na sua particularidade de produção em contexto urbano, um produto cobiçado gourmet.
Um Censo de 2017 apontou para a existência de mais de 700 colunas de melíferas nos telhados da capital francesa, e em outras cidades europeias, como Berlim, Bruxelas e Copenhagen.

A causa das tendências das abelhas não se completa, mas, na prática, acompanha um declínio generalizado dos próprios insetos que está bem documentado em países como uma Alemanha ou uma França – em Portugal Atinge os trabalhos de campo para a primeira lista vermelha dos invertebrados. Diário de Notícias

Grâce à la spécificité des fleurs parisiennes, le Miel de Paris a une saveur incomparable à d’autres miels. Au nez, une puissante et persistante senteur de cassis et de griottes macérées. En bouche, une belle rondeur avec une finale vive et fraîche.


Poetize-se: Manual de Apicultura em Pequena Escala, Mãe Abelha, Comida de tubarão, Vegeta, Carta da Terra, Carlos Marighella, Makota Valdina, Pare e pense, Na estrada havia uma pedra, Ervas medicinais, Abelha poliverde, Comida de gente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s