Querido professor, quem é indígena?

Na data em homenagem aos primeiros habitantes do Brasil, uma série de estereótipos e preconceitos costuma invadir a sala de aula, além de antigos, não geram aprendizagem alguma. O que fazer e o que não fazer no Dia do Índio:

1. Não use o Dia do Índio para mitificar a figura do indígena, com atividades que incluam vestir as crianças com cocares ou pintá-las;

2. Não reproduza preconceitos em sala de aula, mostrando o indígena como um ser à parte da sociedade ocidental, que anda nu pela mata e vive da caça de animais selvagens;

3. Não represente o índio com uma gravura de livro, ou um tupinambá do século 14;

4. Não faça do 19 de abril o único dia do índio na escola;

5. Não tente reproduzir as casas e aldeias de maneira simplificada, com maquetes de ocas;

6. Não utilize a figura do índio só para discussões sobre como o homem branco influencia suas vidas. revistapontOcom
Veja também: Planeta dos Macacos, Meio o quê?, Arveres somos nozes, Xeque Monte, Empoderamento dos recursos, Orçamento doméstico, Bike or die!, A Melhor plástica de todas!!!, Mídia Ninja, Olimpíadas, A casa dos outros, Meu nome é Jonas, I Have a Dream, Lixo ou resíduos?

Editado via celular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s