A Semente

Bezerra da Silva – A SementeACASA GRINGO CARDIA

A Semente – Bezerra da Silva. Letras.mus

Meu vizinho jogou
Uma semente no seu quintal
De repente brotou
Um tremendo matagal (Meu vizinho jogou…)

Quando alguém lhe perguntava
Que mato é esse que eu nunca vi?
Ele só respondia
Não sei, não conheço isso nasceu ai

Mas foi pintando sujeira
O patamo estava sempre na jogada
Porque o cheiro era bom
E ali sempre estava uma rapaziada

Os homens desconfiaram
Ao ver todo dia uma aglomeração
E deram o bote perfeito
E levaram todos eles para averiguação e daí…

Na hora do sapeca-ia-ia o safado gritou:
Não precisa me bater, que eu dou de bandeja tudo pro senhor
Olha aí eu conheço aquele mato, chefia
E também sei quem plantou

Quando os federais grampearam
E levaram o vizinho inocente
Na delegacia ele disse
Doutor não sou agricultor, desconheço a semente

Bezerra da Silva – A Sementeluans2samara

Observe mais: MONÓLOGO AO PÉ DO OUVIDO / BANDITISMO POR UMA QUESTÃO DE CLASSEÉ LADRÃO QUE NÃO ACABA MAISNAARA BEAUTY DRINK!!!FOI O DR. DELEGADO QUE DISSELUMINESCE™CAMARÃO QUE DORME A ONDA LEVACANDIDATO CAÔ CAÔINSTANTLY AGELESS ™INEZITA BARROSOPENA DE MORTEVIDACELL®SAUDOSA MALOCAHO’OPONOPONOMANGUETOWNRESERVE™FINANCIANDO ÁRVORESEMVA CIDADE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s