Errante

“São Paulo é errante, sempre mudando, esquecendo do seu passado. Vale para o Brasil, para o México, para o mundo”, afirma o mexicano Hector Zamora, apresentando o projeto “Errante” pelo Itaú Cultural, a partir do dia 09 de outubro, sob curadoria do arquiteto Guilherme Winisk.


Nas margens do Rio Tamanduateí, prómixo do Mercado Municipal de São Paulo, você encontrará uma imagem curiosa: árvores de grande porte estarão suspensas sobre o rio.

Fonte: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2010/09/arvores-suspensas-sobre-um-rio-quase-morto/

2 respostas para “Errante”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s